• 09/01/2018 (17:17:08)

  • Da Redação

  • Repórter: The Washington Post

Rigorosa onda de frio nos Estados Unidos está afetando gravemente os animais

Rigorosa onda de frio nos Estados Unidos está afetando gravemente os animais

Animais estão morrendo congelados por falta de um cuidado especial em relação ao frio

Muito está sendo falado sobre a rigorosa onda de frio que está atingindo os Estados Unidos, incluindo regiões que não costuma sofrer tanto com baixas temperaturas e vindo de forma ainda mais forte em algumas regiões onde a população já está acostumada com neve.

Temperaturas muito baixas podem nos causar muitos problemas de saúde se não nos protegermos de forma adequada. Porém, nesse momento complicado muitas pessoas estão esquecendo e negligenciando de forma absurda os seus animais de estimação.

Publicações internacionais estão relatando nos últimos dias diversos casos de cães que acabaram morrendo congelados por terem sido deixados do lado de fora de suas casas, como na varanda ou quintal, mesmo com o frio mais forte do que o habitual.

Muitas destas mortes terríveis estão acontecendo em Ohio. Por lá, cinco cachorros foram encontrados congelados em menos de duas semanas. Além de ONGs de proteção animal, a polícia também está trabalhando em favor dos cães e alguns tutores já foram acusados de maus-tratos e crueldade.

Em Michigan, a ONG de proteção animal Detroit Dog Rescue, contou que um cãozinho foi abandonado do lado de fora de suas instalações na noite do dia primeiro de janeiro e pela manhã foi encontrado morto.

O grupo contou ainda que conseguiu salvar um cachorro que foi encontrado encolhido e tremendo em uma espécie de barril ao ar livre. O animal se deitou para se encolher e tentar se esquentar, mas acabou ficando com o pênis congelado, assim como suas patinhas, que chegaram a ficar com as almofadas queimadas do frio.

Com a previsão de temperaturas ainda mais baixas e um frio brutal, as instituições de proteção animal estão bastante preocupadas com os cuidados que os animais de estimação precisam e, juntamente com a polícia, estão publicando e divulgando diversos avisos e dicas de como proteger os pets corretamente nesse período.

É bom sempre ter em mente que, se está muito frio ou muito quente para você, o seu animal também sente o mesmo. Então, se você está se protegendo,o ideal é proteger seu pet também para evitar que ele sofra e acabe morrendo de forma tão terrível.