• 11/07/2018 (14:30:34)

  • Da Redação

Dólar em queda

Cai preço da soja para exportação

Dólar em queda com entrada de recursos externos no Brasil

As cotações da soja tiveram nesta terça-feira (10.07) um dia de comportamentos mistos no mercado físico brasileiro, com o Dólar caindo 1,71% e Chicago estável. De acordo com os índices do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), apurados junto aos diversos participantes do mercado, o preço de exportação caiu 0,56%, embora o do mercado interno tenha fechado o dia em leve alta de 0,13%.

Segundo o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica, o principal fator de baixa dos preços de exportação foi a queda da moeda norte-americana, pressionada pela entrada de recursos externos no Brasil, que provocaram tomadas de lucros: “A rigor, os movimentos dos preços da soja nesta terça-feira não alteraram significativamente os excelentes lucros dos agricultores”. 

“Havíamos feito uma projeção de carregamento da posição de julho até dezembro, acrescentando custo de armazenagem e financeiro e chegamos à conclusão que, no final do ano, os preços deverão estar por volta de R$ 92,00/saca para manterem a mesma rentabilidade de hoje. Então, como consequência prática, nossa recomendação continua sendo a de vender hoje e aplicar o dinheiro, que é mais garantido”, comenta Pacheco.   FUNDAMENTOS

Foi aumentada em 0,71%, para 118,89 milhões de toneladas, a estimativa de produção de soja brasileira da safra 2017/18 em relação à estimativa de junho (que tinha sido de 118,05 MT). É o que aponta o relatório de acompanhamento das safras divulgado ontem pela Conab. A atualização da estimativa eleva a produção de soja no Brasil em 4,2% sobre os 114,08 MT da safra anterior.