• 18/07/2018 (14:35:13)

  • Repórter: Reuters

  • Fotógrafo: Reuters

Moradores matam 292 crocodilos em vingança a morte de homem

Animais foram mortos com golpes de machados, facas e outras armas em um vilarejo na Indonésia

Moradores de um vilarejo na Indonésia armados com facas, martelos e bastões abateram 292 crocodilos em vingança à morte de um homem por um crocodilo em uma fazenda de criação, de acordo com um oficial.

Fotografias divulgadas pela agência de notícias Antara mostraram as carcaças sangrentas dos crocodilos em uma grande pilha no distrito de Sorong, no leste da província indonésia de Papua Ocidental.

O chefe da Agência de Conservação dos Recursos Naturais da Indonésia na Papua Ocidental disse que a vítima de 48 anos havia entrado na fazenda de crocodilos e estaria provavelmente colhendo grama para alimentação de animais quando foi atacado.


As carcaças dos crocodilos foram incineradas Foto: Olha Mulalinda / Antara Foto / Reuters

"Um funcionário ouviu alguém gritando por ajuda, rapidamente foi para lá e viu um crocodilo atacando alguém", disse Basar Manullang em um comunicado.

Após o enterro do homem no sábado (14), moradores entraram na fazenda e mataram todos os crocodilos, contou Manullang.

Manullang afirmou que foi dada à fazenda a licença para cultivar água salgada protegida e crocodilos da Nova Guiné em 2013 para preservação e também para criar alguns animais.

Mas uma das condições era de que os répteis não incomodassem a comunidade, de acordo com ele.

"Para prevenir que isso aconteça de novo, os possuidores de licenças para este tipo de fazenda terão que garantir a segurança das áreas ao entorno", disse Manullang.

Ele afirmou que sua agência está trabalhando em conjunto com a polícia em sua investigação.

"Crocodilos são criaturas de Deus e também precisam ser protegidos", acrescentou.