• 07/11/2018 (22:11:49)

Tecnologia

"Samsung apresenta celular com tela dobrável que se transforma em tablet"

"Aparelho pode ser nova fronteira a ser quebrada no mundo dos smartphones"

"A Samsung divulgou, nesta quarta-feira (7), que irá fabricar um celular com tela dobrável que, quando aberto, se transforma em tablet. O produto ainda não foi lançado oficialmente, mas informações preliminares foram divulgadas durante a conferência da fabricante para desenvolvedores, em São Francisco (EUA).

Por enquanto, a fabricante coreana divulgou apenas um teaser do que parece ser um smartphone do futuro. Com uma tela que chega a 7,3 polegadas (tamanho de um livro — cerca de 18 centímetros), o aparelho é um tablet e celular de bolso, ao mesmo tempo.

A expectativa é de que o lançamento agite o mercado de telefones. Mas a Samsung não divulgou nome, preço, ou sequer uma data de quando irá lançar o aparelho.

O pré-lançamento ocorreu com o intuito de recrutar desenvolvedores de aplicativos a trabalharem, desde já, para criar experiências únicas, pensadas para a tela dobrável.

"Em entrevista ao The Whashington Post, o CEO da divisão mobile da Samsung, DJ Koh, disse que não há nenhuma pegadinha ou truque no novo aparelho. “Em termos de produtividade, uma tela maior é sempre melhor”, disse. “Se nós fizêssemos um telefone com uma tela muito maior do que a do Note, ele iria virar um tablet. Então pensamos: por que não dobrar ao meio? Partimos desta ideia simples três ou quatro anos atrás”.

Dobrado, o aparelho mostra uma tela normal, na parte da frente. Quando aberto, a tela se expande, e passa a mostrar o mesmo aplicativo que já estava rodando, mas em uma versão maior.

O interior do aparelho utiliza um material diferente daquele dos telefones tradicionais. A expectativa é de que ele possa ser fechado e aberto pelo menos por 300 mil vezes.

Depois do boom dos primeiros smartphones, os últimos anos foram de navegação em modo cruzeiro por parte das fabricantes, que se limitaram a lançar produtos com design incremental.

O aparelho da Samsung pode quebrar esta lógica. A chinesa Huawei, que detém uma fatia importante do mercado global, também já anunciou que está trabalhando em um celular dobrável (que poderia substituir os computadores)."