• 26/11/2018 (11:46:43)

  • Da Redação

  • Repórter: Ascom

  • Fotógrafo: Divulgação

Jogos Escolares da Juventude

Rio Grande do Sul conquista 48 medalhas nos Jogos Escolares da Juventude

Delegação gaúcha em Natal contou com alunos-atletas de escolas particulares e públicas

Os Jogos Escolares da Juventude (JEJ 2018) encerraram neste domingo (25), em Natal (RN), com 48 medalhas para o Rio Grande do Sul. Foram 10 ouros, 18 pratas e 20 bronzes durante a competição. No último dia, o time de basquete masculino sub-14 do Colégio Evangélico Alberto Torres (CEAT), de Lajeado, e o judoca Matheus Pohlmann (Canoas) conquistaram a prata. Os também judocas Maria Angelina (Caxias do Sul), Nicole Cruz (Santa Maria) e Eduardo Oliveira (Canoas) faturaram o bronze.

A delegação gaúcha participou dos 15 dias de competição com 222 alunos/atletas e 28 técnicos de 89 escolas que venceram o Campeonato Estudantil do RS (Cergs), entre os colégios particulares, ou os Jogos Escolares do RS (Jergs), entre as públicas, e atletas que atingiram índices em modalidades individuais.

Foram realizadas competições em 14 modalidades, com 22 medalhas na primeira fase na natação feminina (12 a 14 anos e 15 a 17 anos), tênis de mesa feminino (12 a 14 anos e 15 a 17 anos) e masculino (12 a 14 anos e 15 a 17 anos), ginástica rítmica (15 a 17 anos) e xadrez masculino. Na segunda fase, foram 13 medalhas no badminton, atletismo e vôlei masculino (15 a 17 anos). A terceira e última fase ficou com 13 medalhas no judô e vôlei masculino (12 a 14 anos).

Incentivar futuros campeões

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB). As seletivas do Rio Grande do Sul são promovidas pela Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (Sedactel), que viabiliza a presença da delegação no campeonato.

No total, o evento contou com 5.028 atletas dos 27 estados brasileiros e Distrito Federal, representando 2.153 escolas. Participaram ainda 464 árbitros; 220 voluntários, sendo 90 militares do Exército, Marinha e Aeronáutica; além de dirigentes, técnicos e observadores de nove confederações esportivas.

Foram contratadas mais de 36 mil diárias em 16 hotéis de Natal e servidas mais de 83 mil refeições no restaurante do Centro de Convivência dos Jogos Escolares. Para transportar todos os envolvidos, foram utilizados 60 carros, 29 vans e 85 ônibus.