• 02/12/2018 (23:05:12)

  • Da Redação

  • Fotógrafo: TARLA WOLSKI / ESTADÃO CONTEÚDO

Avaí e Chapecoense na Série A

Chapecoense vence o São Paulo e se garante a Série A em 2019

Torcedor lotou a Arena Condá para a partida decisiva contra o São Paulo.

Santa Catarina terá dois representantes na Série A de 2019. O Avaí já estava garantido e a Chapecoense também assegurou sua vaga ao vencer o São Paulo por 1 a 0, neste domingo, na Arena Condá. Será o sexto ano consecutivo do Verdão do Oeste na elite do futebol brasileiro.

Graças a uma recuperação nestas rodadas finais. Depois de sofrer durante a semana ao lembrar dos dois anos do acidente aéreo com a delegação do clube e convidados, que vitimou 71 pessoas na Colômbia, o torcedor pôde voltar a sorrir neste domingo.

A direção da Chapecoense fez promoção de ingressos e o torcedor lotou a Arena Condá para a partida decisiva contra o São Paulo. Foi recorde de público, com 19.992 pessoas. Uma vitória garantia a permanência na Série A.

O time da casa começou melhor a partida. Logo no início Wellington Paulista pediu pênalti em lance com Arboleda mas a arbitragem entendeu que não foi. Depois foi a vez de Leandro Pereira finalizar, mas a bola foi para fora.

Próximo dos 20 minutos de partida o São Paulo passou a ter as melhores chances. Primeiro Nenê recebeu dentro da área e chutou rasteiro para boa defesa de Jandrei. Em seguida Diego Souza escorou de cabeça para Nenê, dentro da área, mas o camisa 10 do São Paulo errou a finalização.

Outro susto para a torcida da Chapecoense foi aos 25 minutos, mas longe da Arena Condá. O América-MG teve pênalti a seu favor. Caso o time mineiro fizesse o gol a Chapecoense cairia para a zona de rebaixamento. Mas o goleiro do Fluminense, Júlio César, fez a defesa e a torcida do Verdão comemorou. 

No final da primeira etapa o time da casa voltou a jogar melhor. E Wellington Paulista cabeceou uma bola na trave. A torcida verde e branca lamentou a chance perdida. Mas em seguida comemorou o gol de Richard, do Fluminense, sobre o América.

O time catarinense foi para o intervalo fora da zona de rebaixamento graças à derrota do América aliado ao empate do Sport diante do Santos.

No início da segunda etapa o jogo estava morno. O resultado até garantia a permanência do time catarinense na Série A. Só que havia o risco de um gol do Sport contra o Santos, o que empurraria a Chapecoense para o grupo dos rebaixados.

O técnico do Verdão optou por uma estratégia de buscar o gol mas sem se expor muito. E conseguiu o objetivo aos 22 minutos do segundo tempo, quando Canteros, em posição no mínimo duvidosa, recebeu na direita e fez um cruzamento na medida para Leandro Pereira, no meio da zaga, cabecear para o gol. Foi uma explosão de alegria na Arena Condá. E o décimo primeiro gol do atacante na competição.

Ainda bem porque o Sport fez dois gols contra o Santos no final. Nos últimos minutos o Verdão segurou o resultado e a vaga na Série A.

A Chapecoense chegou a 44 pontos, melhor apenas do que os 43 pontos de 2014. Mas o suficiente para garantir a alegria de milhares de torcedores.