• 04/12/2018 (10:44:00)

  • Repórter: Rádio Gaúcha

Gerente do BB morto em assalto em Ibiraiaras, estava há um mês em Ibiraiaras

Na fuga com o refém ocorreu troca de tiros entre os bandidos e policiais

Fazia apenas 30 dias que Rodrigo Mocelin da Silva, 37 anos, estava trabalhando no Banco do Brasil de Ibiraiaras, no norte do Estado. O gerente adjunto ainda não atuava no local quando a agência do município de pouco mais de 7 mil habitantes foi alvo de assaltantes pela primeira vez neste ano, em maio. Feito refém, Silva foi baleado na fuga. Eles abandonaram a vítima, que chegou a receber atendimento no Hospital São José, mas acabou morrendo.

Ainda não se sabe em que circunstâncias ele foi baleado. A delegada Alexandra Nunes Ferreira, titular da Delegacia de Polícia (DP) de Lagoa Vermelha, que auxilia no caso pretende conversar com os policiais que atenderam à ocorrência: —  Queremos entender de que forma ocorreu, diz a delegada.

O gerente havia sido transferido para a cidade em setembro deste ano. De acordo com o Sindicato dos Bancários do Passo Fundo, Silva é natural de Tapera, também no Norte, e ingressou nos quadros do Banco do Brasil em setembro de 2005. Antes, trabalhava em uma agência de Marau. Ele era casado e deixa, além da mulher, dois filhos.