• 07/02/2019 (13:14:05)

  • Repórter: Gazeta do Povo

Lula "Nobel da Paz"

Gleisi diz que nova condenação ocorre quando cresce chance de Lula ser Nobel da Paz

Argumento da deputada federal também foi usado em nota oficial do PT sobre a condenação

A deputada federal e presidente do PT, Gleisi Hoffmann, reagiu à condenação de Lula no processo do sítio de Atibaia e usou como argumento a possibilidade de Lula receber o prêmio Nobel da Paz. “A perseguição a Lula não para. Uma segunda condenação a jato foi proferida, exatamente quando cresce a possibilidade de Lula ser Nobel da Paz”, escreveu a parlamentar no Twitter."

O mesmo tema foi abordado em nota oficial do PT, com o título “Lava Jato ataca Lula temendo o Nobel da Paz”. “A nova condenação, também injusta e ilegal no caso de Atibaia, vem no momento em que Lula é indicado ao Prêmio Nobel da Paz por mais de meio milhão de apoiadores", diz o texto.

Um abaixo assinado na página Change.org conseguiu reunir, até esta quinta-feira (7), mais de 580 mil assinaturas favoráveis à ideia. Os apoios referendam a indicação de Lula ao prêmio à Fundação Nobel, que é assinada pelo argentino Adolfo Pérez Esquivel, vencedor da premiação em 1980.

Formalmente, a indicação ao prêmio pode ser feita por um pequeno rol de pessoas – dentre eles, antigos vencedores e integrantes do comitê de organização. A simples indicação, contudo, não garante sucesso na avaliação final – nem a forma como a indicação foi avaliada. Os nomes dos indicados permanecem sob sigilo por 50 anos.

O vencedor do prêmio é definido por um comitê de cinco pessoas, eleitos para um mandato de cinco anos pelo Parlamento da Noruega. As indicações são feitas em outubro e os vencedores anunciados normalmente em dezembro. Os vencedores da edição de 2018 foram o médico congolês Denis Mukewege e a ativista iraquiana Nadia Murad, que trabalham contra a violência sexual em conflitos armados.

As tentativas de “emplacar” candidatos são comuns, mas sem garantia de sucesso. Nos últimos dias, por exemplo, cresceram os movimentos em redes sociais para indicar à premiação, por exemplo, os bombeiros de Brumadinho."