SEGURANÇA

  • 07/02/2019 (15:57:56)

  • Repórter: Da Redação

Vistoria no Presídio

MP vai pedir interdição de parte do presídio de Erechim

Se galeria for interditada será necessário remover do Presídio de Erechim cerca de 150 presos

Um grupo de autoridades ligadas a Ministério Público e da polícia, fizeram nesta quinta-feira uma vistoria no prédio do Presídio Estadual de Erechim, diante do surgimento cada vez mais de problemas estruturais. Depois de concluída a vistoria, o Ministério Público teria manifestado o interesse em pedir a interdição da Galeria A.

Se a área vier a ser interditada será necessário a remoção de aproximadamente 60 presos para outras galerias e 150 para outros presídios do Estado. Outra solicitação é para que o Estado promova a reforça urgente da área onde desabou parte da parede de uma das galerias, em janeiro último. 

O presídio de Erechim foi construído na década de 50 para abrigar até 230 presos e, somando os presos albergados, hoje abriga mais de 600. O prefeito Luiz Francisco Schmidt foi recentemente na Secretaria de Segurança e da área da Justiça, pedir a construção de um novo presídio, fora da área urbana.