CIDADE

  • 08/02/2019 (15:33:54)

A falta de água em Erechim

Ministério Público pediu explicações a Corsan sobre falta de água

A Corsan garante que a água volta antes do anunciado aos consumidores de Erechim

A Promotora de Justiça Karina Albuquerque Denicol exigiu explicações da Corsan em Erechim sobre a nota que a empresa publicou na manhã desta sexta-feira(8), informando a população que a falta de energia na estaçãoa de bombeamento por cerca de 4 horas, provocaria desabastecimento de água na cidade por 48 horas. 

A empresa relatou para o Ministério Público que a água volta antes para as torneiras dos consumidores em Erechim. A previsão agora é de na madrugtada deste sábado o reabastecimento esteja normalizado. 

Veja a Nota do MP

"O Ministério Público, através da Promotora de Justiça Karina Albuquerque Denicol, informa que, após receber a notícia da falta de abastecimento de água na cidade de Erechim até o dia 10/02/2019, tomou providências para diligenciar o ocorrido. A Corsan prestou esclarecimentos a esta Promotoria de Justiça e informou que o abastecimento será regularizado até a madrugada do dia 09/02/2019. Ou seja, amanhã pela manhã o Município estará com o abastecimento regularizado. As causas e circunstâncias alegadas para a interrupção da continuidade de um serviço público tão essencial quanto este serão posteriormente investigadas com maior cautela, a fim de evitar novos acontecimentos."