CIDADE

  • 11/02/2019 (21:17:58)

  • Repórter: Redação/Rádio Guaíba

Temporal causa diversos estragos no interior do Rio Grande do Sul

Foram registrados destelhamentos e falta de energia elétrica em muitas cidades gaúchas. Erechim bombeiros registraram a queda de três árvores sobe carros.

Chuva e vento forte atingiram várias partes do Estado, nesta segunda-feira, com o registro de estragos em algumas cidades. Em São Sepé, na região Central, a Defesa Civil do município informou que os bairros mais afetados foram Pontes, Centro, Santos e Loteamento Vitória. O balanço inicial apontou cerca de 80 casas destelhadas até a noite de hoje.

A prefeitura de São Sepé, com apoio do Corpo de Bombeiros, distribuiu lonas para as famílias. Várias árvores tombaram na Praça das Mercês, o que também ocorreu na BR 392, no acesso à cidade. Parte do município está sem energia elétrica. 

Em Erechim a tempestade chegou no início da noite, com vento forte seguido de chuva. O vento derrubou árvores em dois pontos do centro da cidade e no bairro Jaboticabal. Nos três casos as árvores atingiram carros, dois que estavam estacionado e um rodando. Ninguém se feriu. 

Em Cacequi, a ventania destelhou residências no Centro e na vila Álvaro Leitão, e árvores tombaram no bairro Novo e no interior do município. Segundo o coordenador da Defesa Civil local, Cléo Pinto, a prefeitura distribuiu lonas para quem ficou prejudicado pelo mau tempo. Em São Vicente do Sul, também na região Central, o vento derrubou duas árvores na BR 287 e teve registro de falta de luz.

O trânsito ficou prejudicado na BR 287, em Santa Maria, e em algumas avenidas da área urbana, em razão do grande volume de água na pista. Apesar da chuva torrencial, com duração de 50 minutos, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil não registraram nenhuma saída.

Já na Fronteira-Oeste, os estragos foram maiores em Alegrete, onde o temporal durou cerca de duas horas. Segundo o sargento do Corpo de Bombeiros Adão Rodrigues, um poste com transformador tombou na rua Santana, no bairro Promorar, interrompendo o fornecimento de energia elétrica no entorno. 

Equipes da concessionária responsável foram acionadas. Em pontos isolados, houve alagamentos e queda de galhos de árvores. Também foram registrados danos nos bairros Anita Garibaldi, Restinga, Olhos D'água de Natal e Segabinazzi. Diversos postes ficaram danificados e algumas casas destelhadas. 

Na cidade vizinha de Manoel Viana, houve interrupção parcial do fornecimento de luz por causa do temporal. Em Uruguaiana, a chuva somou 46 milímetros em três horas e causou alagamentos em pontos isolados. 

Carro ficou destruído por muro de empresa, que desabou durante chuva em São Leopoldo — Foto: Divulgação/Defesa Civil de São Leopoldo