Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Inter encaminha contratação de Bruno Silva, do Fluminense
Volante ja rescindiu com o tricolor e deverá ser oficializado pelo clube
Redação
por  Redação
12/08/2019 14:37 – atualizado há 3 meses
Continua depois da publicidadePublicidade



O Inter encaminhou a contratação de Bruno Silva, do Fluminense. Sonho antigo do clube gaúcho, o volante tinha contrato até o fim do ano com o tricolor carioca, mas já acertou a rescisão e deve se transferir para Porto Alegre.

Bruno Silva disputou apenas quatro partidas no Brasileirão e pode defender outra equipe no campeonato – o prazo para inscrições vai até 27 de setembro. Também poderá ser inscrito nas quartas de final da Libertadores contra o Flamengo. No entanto, já entrou em campo na Copa do Brasil pelo Fluminense e não poderá ser usado no torneio.

O volante de 33 anos é um jogador considerado polivalente, ao gosto do técnico Odair Hellmann. Não fica restrito às tarefas defensivas, costuma surgir como opção ao ataque e chega na área, em estilo de Edenilson.

Com o reforço, o Inter busca suprir algumas baixas recentes no elenco. Atualmente, o clube não conta com o capitão Rodrigo Dourado, com dores no joelho esquerdo. Já Rodrigo Lindoso torceu o tornozelo esquerdo contra o Nacional, pela Libertadores, enquanto Edenilson sofreu lesão muscular na vitória sobre o Cruzeiro, na Copa do Brasil, na última semana.

Caso o negócio seja confirmado, Bruno Silva cumpre um sonho antigo da atual direção. Em 2017, quando o volante ainda defendia o Botafogo, a direção colorada esteve perto de acertar com o jogador, que preferiu o Cruzeiro no ocasião. Depois, já no time mineiro, houve uma nova investida colorada, sem sucesso.

O volante teve início positivo no Flu, mas perdeu espaço com o técnico Fernando Diniz, desde que foi submetido a uma artroscopia no joelho direito em maio. A lesão do atleta ocorreu na vitória do Fluminense por 5 a 4 sobre o Grêmio, na Arena.

Mesmo recuperado, o jogador caiu na hierarquia do técnico e ficou em segundo plano nas Laranjeiras, tanto que é tratado como “negociável" pela direção. Na atual temporada, atuou em 23 partidas e anotou um gol.

O grande momento da carreira do jogador foi pelo Botafogo, entre 2016 e 2017, quando chegou a aparecer em uma pré-lista de Tite para a Seleção. Marcou nove gols em 59 jogos pelo time alvinegro. Contratado pelo Cruzeiro, acabou não tendo o mesmo destaque.  

Colaborou: GE/G1

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...