Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Associação americana de escoteiros pede falência após acusações de abuso sexual
Desde 2013, a entidade, que teria 2,4 milhões de participantes jovens, permite a inclusão de escoteiros homossexuais.
Gazeta do Povo
por  Gazeta do Povo
18/02/2020 21:20 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade

A Boy Scouts of America (BSA), a associação americana de escotismo dos Estados Unidos, protocolou um pedido de falência, nesta quarta-feira (18), após ser alvo de processos que a acusam de acobertar casos de abuso sexual contra meninos que participavam das suas atividades.

O objetivo da organização, fundada em 1910 e com sede no Texas, segundo o jornal New York Times, é o de dificultar a continuidade das ações e o pagamento de indenizações. Desde 2013, a entidade, que teria 2,4 milhões de participantes jovens, permite a inclusão de escoteiros homossexuais. A partir de 2015, de líderes abertamente homossexuais. Já, em 2017, a BSA liberou a participação de meninas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE