Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação/PC/SC
"Operação Xapecó" - Polícia Federal faz buscas na Reserva indígena Ipuaçu de SC
Policiais federais com o apoio da PM e Polícia Civil de SC, fizeram apreensões de armas e munições e duas prisões em flagrante na reserva indígena.
Assessoria/PF/ClicRDC
por  Assessoria/PF/ClicRDC
03/03/2020 15:14 – atualizado há 19 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

A Polícia Federal (PF), com o apoio da Polícia Civil e da Polícia Militar, realizou uma operação na manhã de terça-feira (3), com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão. A ação policial, intitulada Operação Xapecó, aconteceu em uma reserva indígena de Ipuaçu, no Oeste de Santa Catarina.

No total, 36 policiais federais, 5 policiais civis e 18 policiais militares cumpriram dez mandados de busca e apreensão em oito residências na Reserva.O Serviço Aeropolicial de Fronteira (SAER/Fron) também apoiou as buscas.

Duas pessoas foram presas em flagrante. Eles devem responder por crimes de posse de arma de fogo de uso permitido, que prevê pena de detenção de 1 a 3 anos e multa.

Os policiais informaram também que três armas foram apreendidas: uma espingarda calibre 22, duas espingardas calibre 28 além de um simulacro de arma de fogo e munições calibres 12, 22, 28 e 32 mm, em três dos locais das buscas.

Ainda segundo a Polícia Federal, a Operação teve como objetivo o cumprimento de mandados de busca e a apreensão de armas, munições e acessórios de armas de fogo, em razão de várias denúncias recebidas pelo Ministério Público Federal (MPF) sobre a existência de armamento na reserva indígena. No local, aconteciam disparos de arma de fogo, ameaças, lesões corporais e tentativas de homicídios praticados por grupos que disputam a liderança da área.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE