Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Sebastian Castaneda/Reuters
Peru fecha fronteiras contra coronavírus; 3.770 brasileiros não conseguem deixar o país
Alguns turistas, que não se importaram até então com a crise mundial, afirmam que a embaixada brasileira não tem prestado o apoio necessário.
CNN Brasil
por  CNN Brasil
17/03/2020 07:55 – atualizado há 3 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Pelo menos 3.770 brasileiros ficaram impedidos de deixar o Peru após o país fechar as fronteiras e decretar quarentena obrigatória neste domingo (15) para conter o avanço do novo coronavírus, segundo o Itamaraty. Eles estão, em sua maioria, em Lima e Cusco, mas há também brasileiros em Chicama, no norte do país.

Alguns turistas afirmam que a embaixada brasileira não tem prestado o apoio necessário. O administrador de empresas baiano Éderson Oliveira conta que chegou ao aeroporto nesta manhã para remarcar seu retorno ao Brasil no início da tarde, quando o exército peruano entrou no terminal e solicitou a saída de todos os passageiros que não tivessem voos marcados para hoje.

"O pessoal da companhia aérea fechou o guichê, não deu qualquer suporte", afirma Oliveira, que seguiu para a embaixada brasileira em Lima. "Não conseguimos falar com nenhum representante e não houve nenhum tipo de apoio. Não pegaram nosso telefone e nem perguntaram se queríamos uma água, se precisávamos de algum tipo de apoio".

"Deixaram nós, cidadãos brasileiros, a mercê da situação e a gente não sabe o que fazer", afirma.

A quarentena obrigatória e o fechamento das fronteiras no Peru foram decretadas após o país registrar 28 novos casos de infecção pelo novo coronavírus em apenas um dia. A determinação é válida até o dia 30 de março. Ao todo, 71 casos confirmados da doença foram registrados no país.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE