Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
ALberi Neto / Agencia RBS
Segurança
Governo gaúcho contrata super produção cinematográfica para produção de comerciais.
Moradores de Porto Alegre se apavoram com ação da polícia e seus helicópteros. Estado prepara campanha publicitária que vai custar milhões.
GaúchaZH
por  GaúchaZH
17/03/2020 20:15 – atualizado há 3 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

"Todo mundo se apavorou", diz moradora sobre helicópteros da polícia que sobrevoaram Porto Alegre para um comercial.

Policiais civis e militares participaram das gravações de um vídeo institucional do governo do Estado, mas ações cinematográficas geram reclamações de moradores e da própria polícia. Segundo a Rádio Gaúcha, teve gente ligando para a Brigada, protestando nas redes, procurando a imprensa e reclamando. O governo do Estado suspendeu as gravações com helicópteros em Porto Alegre.

Ainda segundo a GaúchaZH, a ideia é produzir um vídeo institucional, simulando uma ação da polícia com viaturas e aeronaves na região central da cidade. Faltou luz no momento em que os helicópteros sobrevoavam muito baixo e lançavam aqueles fachos de luz no domingo(15) à noite e isso assustou moradores.

Como os policiais eram de verdade, ninguém pensou que se tratasse da gravação de um comercial.

O objetivo do material é divulgar, na TV e nas redes sociais, a queda nos índices de criminalidade e as estratégias do governo gaúcho para a segurança pública.

O Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores de Polícia do Rio Grande do Sul emitiu nota avaliando que, "além do momento completamente inadequado, é inadmissível que os profissionais da segurança pública sejam deslocados para trabalhar fora do seu horário de serviço, durante a noite e em desvio de função para tentar melhorar a imagem do governo".

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE