Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Sistema prisional de SC adota medidas restritivas por conta do coronavírus
A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) informou que novas medidas preventivas já estão valendo
Secom/SC
por  Secom/SC
19/03/2020 13:19 – atualizado há 1 dia
Continua depois da publicidadePublicidade

Com o aumento de números do coronavírus, o Sistema Prisional de Santa Catarina passa por algumas adaptações. Em Chapecó não é diferente, restrições nas visitas foram adotadas neste momento de adversidades. A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) informou que novas medidas preventivas e de controle serão adotadas a partir desta semana.

Em decorrência do aumento no número de casos de Covid-19 em Santa Catarina, o SAP adotou três principais medidas: A suspensão imediata de todas as visitas, sem distinção de grupo social; Suspensão do início do Curso de Formação Profissional, última etapa do Concurso Público para agentes penitenciários; A suspensão imediata dos programas educacionais que ocorrem nas unidades prisionais e socioeducativas, como o EJA, Despertar pela Leitura e atividades complementares.

Em Chapecó, Luiz Mantelli, Vereador e agente prisional de carreira, explanou as medidas de precauções. “Já foram cortadas todas as visitas – intimas e de contatos. Está sendo seguidas as regras do Estado de Santa Catarina”, disse.

Em nota, o SAP ressaltou que todas as medidas anunciadas são para preservar a saúde e o direito à vida dos servidores, internos, familiares, advogados e representantes do Judiciário que circulam em ambientes prisionais e socioeducativas.

Na unidade prisional de Chapecó, apenas casos extremos são permitidos. “Visitas de advogados e necessidades são feitas por parlatório, porém contato não tem. Foi cortado tudo”, diz Mantelli.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE