Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Leite anuncia incremento de R$ 90 milhões nos pagamentos a hospitais para conter Covid-19
Governador também comunicou prorrogação do prazo para realização da prova de vida, perícias e comprovação de dependentes do IPE-Saúde
Correio do Povo
por  Correio do Povo
20/03/2020 13:23 – atualizado há 3 horas
Continua depois da publicidadePublicidade

Um dia depois de decretar situação de calamidade pública pela primeira vez na história do Rio Grande do Sul, o governador Eduardo Leite anunciou nesta sexta-feira uma série de medidas para o IPE-Saúde – que atende servidores do governo do Estado – para o enfreamento da Covid-19. Acompanhado do presidente do instituto, Marcus Vinicius de Almeida, e da Secretária de Planejamento, Leany Lemos, o chefe do Executivo informou ações que atingem os hospitais e a capacidade de atendimento para a população gaúcha. No âmbito financeiro, o governo vai executar em abril "o maior pagamento ao hospitais talvez na história do IPE-Saúde", com um incremento de R$ 90 milhões em relação ao que era estimado.

Governador falou no pátio do Palácio Piratini | Foto: Facebook / Reprodução / CP

"Serão R$ 835 milhões pagos no total, de janeiro até abril", destacou. Serão priorizadas as instituição "que terão muita demanda de aporte de recursos para sustentarem suas atividades nesse momento", comentou na fala transmitida pelas redes sociais, direto do pátio do Palácio Piratini.

A ideia é diminuir o tempo de espera de pagamento das faturas dos hospitais. "Isso é fruto de um esforço concentrado para que pudéssemos captar novos recursos. Houve negociações com os outros poderes e prefeituras", frisou. No âmbito de ações operacionais, Leite comunicou que "a prova de vida, as perícias, a comprovação de dependentes, todo esses serviços serão prorrogados para que as pessoas não precisem se deslocar às agências". Além disso, serão ampliados serviços online para os segurados, através do portal da instituição.

Além disso, o governador lembrou que o IPE-Saúde pagará o teste para o diagnóstico do novo coronavírus. "Quem está segurado vai poder fazer o teste nos laboratórios, clínicas e hospitais. E estamos ampliando nossa rede de credenciado médicos, clínicas, hospitais, aumentando a rede de atendimento". Por fim, o Executivo vai enviar um Projeto de Lei à Assembleia Legislativa buscando reforçar as equipes. O texto prevê a contratação de novos profissionais "para que o instituto possa ter todo o fôlego e capacidade para dar respostas à população", resumiu o governador.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE