Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Cidade
IFRS participa de força-tarefa que produz protetores faciais para doar a profissionais de saúde
Impressoras 3D, máquinas de corte a laser e vontade de ajudar. Dessa forma está se articulando uma rede de voluntários em Erechim e na Serra Gaúcha.
Assessoria/IFRS
por  Assessoria/IFRS
25/03/2020 18:55 – atualizado há 4 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Um força-tarefa destinada a produzir equipamentos de proteção facial para profissionais de saúde está se articulando na Serra Gaúcha e no município de Erechim. O Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) faz parte da rede nesses locais. O objetivo é aumentar a proteção de médicos, enfermeiros e técnicos que estão trabalhando no enfrentamento da emergência em saúde pública com o novo coronavírus (Covid-19). Os materiais são dados a hospitais e serviços de saúde.

Outros campi do IFRS também estão em diálogo constante com autoridades e especialistas de saúde locais para levantar demandas e estudar formas de auxiliar no momento atual. Novas parcerias devem surgir em breve.

Em Erechim, iniciativa semelhante começa a ser articulada, com a participação do Campus Erechim do IFRS. Inspirado no projeto Pacto Alegre, que reúne voluntários para atender demandas de hospitais por equipamentos de proteção individual, o professor Airton Bortoluzzi conversou com representantes da Secretaria de Saúde do município e do Hospital Santa Terezinha. Eles confirmaram a necessidade de maior número de equipamentos.


Em uma ação conjunta entre o Campus, empresas como a Cercena e a Moretto e pessoas físicas da cidade, foi elaborado então o protótipo de um protetor facial face shield. Parte do equipamento foi impresso em impressora 3D do Campus Erechim. Nesta quarta-feira, 25 de março de 2020, o equipamento foi entregue ao Hospital Santa Terezinha, para a validação do modelo.

A meta é produzir ao menos 200 face shields. Por isso, toda a ajuda é bem-vinda. Pessoas, instituições e empresas interessadas em auxiliar podem fazer contato pelo telefone (54) 99206-9659, com o professor Airton.

O Hospital Santa Terezinha também apresentou ao Campus Erechim a demanda por parceria para a manutenção dos respiradores, a qual está sendo estudada.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...