Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Em nota, BRF fala sobre as iniciativas implementadas em suas unidades para prevenção ao coronavírus
Em Lajeado, a testagem teve início há mais de duas semanas, foi reforçada na semana passada e se estende até a próxima sexta-feira, dia 29.
Assessoria BRF
por  Assessoria BRF
21/05/2020 19:40 – atualizado há 9 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

A BRF informa que vem realizando testes em seus colaboradores como medida preventiva à Covid-19, conforme protocolo orientado por especialistas, como o infectologista Dr. Esper Kallas, da USP, o Hospital Israelita Albert Einstein e consultoria internacional. Em Lajeado, a testagem teve início há mais de duas semanas, foi  reforçada na semana passada e se estende até a próxima sexta-feira, dia 29.

É importante ressaltar que os resultados positivos dos testes rápidos podem indicar presença de anticorpos (pessoas recuperadas), presença do vírus (mesmo em casos assintomáticos) ou falsos positivos, que podem surgir por reação cruzada com anticorpos de outros microrganismos (como parainfluenza, influenza A, influenza B, HIV, vírus da varicela, citomegalovírus, vírus do sarampo e da caxumba, entre outros). Por isso, os resultados destes testes positivos podem ser mais altos e não indicam necessariamente que as pessoas tenham ou tiveram Covid-19, sendo então inicialmente considerados casos suspeitos. A confirmação de possível infecção pela Covid-19 se dá com a realização de exame mais preciso (RT-PCR), que também está sendo realizado pela Companhia em suas unidades, de acordo com recomendação da Anvisa. Enquanto aguarda o resultado do exame RT-PCR, a BRF está, preventivamente, afastando e orientando todos os colaboradores cujos testes venham a dar resultado positivo, portanto, considerados suspeitos.

Vale salientar que, de acordo com protocolo da empresa, os funcionários que apresentam e informam sintomas para a Companhia são afastados imediatamente de suas atividades. Esta ação reforça as medidas de proteção já adotadas pela empresa desde o início da pandemia e tem o objetivo de aperfeiçoar o processo de triagem e identificação de casos positivos e suspeitos entre os funcionários, que já era realizado por meio de busca ativa.

Entre outras iniciativas implementadas em suas unidades estão o uso obrigatório de máscaras e demais EPIs recomendados para proteção contra a Covid-19, distanciamento mínimo entre funcionários, medição de temperatura nas entradas das unidades, afastamento de colaboradores do grupo de risco, reforço de higienização em diversas áreas e nos veículos de transporte fretado com o intuito de mitigar a exposição ao vírus.

A BRF ressalta ainda que os testes fazem parte de seus esforços conjuntos com as autoridades para reduzir a subnotificação e a subinvestigação dos casos e prevenir de modo mais efetivo o contágio. Todo caso suspeito é acompanhado sob rigorosos
controles, em conformidade com as medidas protetivas e os protocolos indicados pela Organização Mundial da Saúde e pelo Ministério da Saúde e as normas e acordos estabelecidos com as autoridades locais. Em respeito à privacidade de seus colaboradores e familiares, a empresa não divulga publicamente esses resultados,
sendo informados apenas às autoridades de Saúde para que sejam seguidas todas as medidas necessárias.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...