Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Política
General Heleno cita “consequências imprevisíveis” sobre pedido de apreensão de celular de Bolsonaro
Em nota oficial "à nação brasileira", Heleno classificou como "inconcebível e, até certo ponto, inacreditável" o pedido dos partidos.
Gazeta do Povo
por  Gazeta do Povo
22/05/2020 21:17 – atualizado há 8 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República emitiu nota nesta sexta-feira (22) sobre o pedido do ministro do STF Celso de Mello para que a Procuradoria-Geral da República (PGR) avalie solicitação para apreensão e perícia nos celulares do presidente Jair Bolsonaro e de seu filho, Carlos Bolsonaro.

No texto, assinado por Augusto Heleno, o GSI diz que o pedido é “inconcebível”, “inacreditável” e aponta “interferência inadmissível de outro Poder”. O texto ainda diz que a “atitude é uma evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”.

O pedido de parecer à PGR é praxe e não significa que a decisão de apreensão e perícia já está tomada.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...