Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Decretada prisão preventiva do homem suspeito de matar bebê em Erechim
Por razões de segurança e garantia da instrução penal, o homem de 42 anos acusado de homicídio doloso, vai ficar preso aguardando a conclusão do inquérito e a instrução do processo.
Redação
por  Redação
30/05/2020 11:03 – atualizado há 37 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O juíz Marcos Luis Agostini, da Vara Criminal da Justiça em Erechim, homologou a prisão em flagrante do homem acusado de matar o bebê de 10 meses, seu enteado, na noite da última quinta-feira(28), no bairro Aeroporto. O Juiz, atendendo o requerimento do Ministério Público, fez a conversão do flagrante em prisão preventiva de Fabiano Garcia Escobar, de 42 anos.

O inquérito deve ser concluído na próxima semana pela 2ª Delegacia de Polícia de Erechim

Em depoimento, o suspeito negou ser o autor da morte do bebê Pedro Henrique Beskow Sanhudo, de apenas 10 de idade. Ao decretar a prisão preventiva, o juiz reconheceu os indícios de autoria demonstrados pelas declarações prestadas pela avó materna da criança, do casal que prestou socorro a ela e ao filho e dos policiais militares que efetuaram a prisão em flagrante.

Com a decisão do Juíz, já comunicada a Vara de Execuções Penais em Passo Fundo, Fabiano vai responder ao processo preso. O Juiz, ao se manifestar sobre a decisão, explica que "a manutenção da prisão do acusado é necessária para a garantia da ordem pública e por conveniência da instrução criminal.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...