Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Queiroz deixa penintenciária no RJ para cumprir prisão domiciliar
Por decisão do STJ, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro cumprirá prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica
cp
por  cp
10/07/2020 22:53 – atualizado há 9 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro) confirmou, em nota, que Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), deixou o Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste da cidade — unidade prisional em que cumpria prisão preventiva — na noite desta sexta-feira (10).

De acordo com a pasta, Queiroz deixou a penitenciária com a tornozeleira eletrônica e cumprirá pena em prisão domiciliar. O uso do equipamento havia sido determinado por decisão judicial.

A Seap esclarece ainda que, aguarda o comparecimento da esposa de Fabrício Queiroz, Márcia Oliveira de de Aguiar — que está foragida —, na Coordenação de Patronato Magarinos Torres para a colocação da tornozeleira eletrônica.

Queiroz obteve autorização na Justiça para passar ao regime de prisão domiciliar | Foto: YouTube / Reprodução / CP

Suspeito de praticar obstrução da Justiça durante o processo que apura a existência de “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj, Fabrício Queiroz foi preso no dia 18 de junho em uma casa na cidade de Atibaia (SP), imóvel registrado em nome do escritório do advogado Frederic Wassef.

A decisão de converter a prisão preventiva em domiciliar havia sido tomada pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, na última quinta-feira (9). A determinação inclui a mulher de Fabrício.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...