Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Santa Catarina
Morador de Maravilha se prepara para dar a volta ao mundo com uma moto Pop 100
Viagens de Alex Tibola começaram ainda quando ele tinha 18 anos.
Joana Reichert/Rede Peperi/Oeste Mais
por  Joana Reichert/Rede Peperi/Oeste Mais
30/07/2020 19:26 – atualizado há 48 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O motociclista Alex Tibola, morador de Maravilha, no Oeste, é apaixonado por motociclismo desde a infância. Junto da paixão, vem o desejo de conhecer o mundo com uma moto.

Alex contou que, ainda aos 18 anos, já realizava diversas viagens pela América do Sul, e percorreu países como Uruguai, Argentina, Chile, Peru e o próprio Brasil. Há um ano, ele começou a percorrer as estradas junto de uma Honda Pop 100 cilindradas, adquirida principalmente em função da economia.

A viagem mais recente, com a Pop 100, foram sete mil quilômetros pelo deserto de Puna, na Argentina. A área de deserto contempla todo o Noroeste argentino e se estende até a região Sul da Bolívia, com altitude de mais de três mil metros, o que torna a condição de sobrevivência no local muito difícil.

O projeto mais ousado em planejamento é uma volta ao mundo pelos cinco continentes com a Pop 100. O motociclista cita que a viagem não tem data, podendo ocorrer dentro de um a três anos.

No momento Alex está se preparando com planejamento do roteiro, organização financeira e treinamento físico por meio do ciclismo, já que a bike também vai fazer parte da viagem para economizar recursos.

O motociclista, que trabalha com instalação de sistemas de aquecimento solar, programa suas viagens geralmente no final do ano, no período de férias.

Tibola afirma que muitas pessoas acabam adiando sonhos, esperando o momento certo, o que acaba não acontecendo. Ele diz que para conseguir realizar um sonho, a exemplo de uma viagem, é necessário enfrentar as condições do clima e usar a moto que se tem disponível.

Também como forma de arrecadar recursos, Alex mantém no Instagram, no Facebook e no YouTube com o canal “Crônicas de Viageiro”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...