Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Esporte
Partida entre Chapecoense e Criciúma marcará encontro entre irmãos catarinenses
Lateral do Verdão e volante do Tigre se enfrentarão pela primeira vez
ClicRDC
por  ClicRDC
01/08/2020 23:20 – atualizado há 38 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A partida entre Chapecoense e Criciúma já é especial por ser eliminatório. Porém, para a família Jacinto de Biasi será diferente. Pela primeira vez, Ezequiel e Eduardo, irmãos e jogadores de futebol, se enfrentarão em um jogo profissional de futebol. A bola rola às 18h, no domingo (2), na Arena Condá.

Ezequiel, jogador da Chapecoense, tem 27 anos e é o irmão mais velho. Em conversa com o ClicRDC, o lateral do Verdão valorizou a criação e apoio dos pais enquanto atletas que buscavam uma vaga no profissional. “Nossos pais nos apoiaram muito. Eles sempre acompanharam os jogos e os treinos. Se somos profissionais, se devem muito aos nossos pais”.

Ezequiel é lateral e defende a Chapecoense – Foto: Márcio Cunha/ACF

No outro lado, Eduardo tem 23 anos e defende as cores do Criciúma. O volante revelou que os dois assistem os jogos dos irmãos. “A gente tem uma relação muito boa, sempre nos falamos e nos aconselhando. Por ele ser mais velho, procura me ensinar e ajudar nos momentos difíceis”, disse.

Ambos nasceram em Treze de Maio (SC) e fizeram categorias de base no Criciúma. Quando jovem, Eduardo fazia parte das formações do Tigre e, ao mesmo tempo, Ezequiel estava no profissional da equipe. “Eu acompanhava todos os jogos e gostava muito de ver ele jogar. É muito bom ter ele como inspiração”, revelou Eduardo, o irmão mais novo.

No dia 12 de abril de 2015, na partida entre Criciúma e Metropolitano, Eduardo entrou na jogo e, pela primeira vez, os irmãos jogaram juntos por 12 minutos. “Meu sonho era jogar ao lado dele pelo Criciúma e deu certo”, disse o atual jogador do Tigre.

Eduardo é volante e joga pelo Criciúma – Foto: Caio Marcelo/Criciúma EC

Embora já tenham jogados juntos, essa será a primeira vez que se enfrentam. Porém, Ezequiel revela que isso fica apenas fora das quatro linhas. “É uma sensação diferente, mas dentro de campo cada um vai defender a sua. Ele é muito competitivo e eu também. Cada um vai buscar a sua vitória”, finalizou Ezequiel.

Acompanhe o encontro entre os dois irmãos e a partida decisiva da fase semifinal do Campeonato Catarinense nas rádios do Grupo Condá de Comunicação.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...