Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Esporte
As mudanças no Grêmio para o retorno na Libertadores
Tricolor gaúcho enfrenta Universidad Católica nesta quarta-feira (16), às 21h30, no Chile.
O Sul
por  O Sul
14/09/2020 19:35 – atualizado há 17 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Em comparação ao time que disputou o Grenal do dia 12 de março, o Grêmio terá alterações na equipe que enfrentará a Universidad Católica, nesta quarta-feira (16), no retorno da Libertadores. Dois atletas saíram do clube para o futebol europeu e outros jogadores perderam espaço por critério técnico ou lesão.

O clube não conta mais com Everton, vendido para o Benfica e com Caio Henrique, que retornou ao Atlético de Madrid, mas foi repassado ao Monaco-FRA. No entanto, já possui substitutos. Os jogadores já estão em condição e devem ser opção para o técnico Renato Portaluppi: Everton que veio do São Paulo e Bruno Cortez que retomou a titularidade.

Na lateral direita, com a crescente ascensão de Orejuela, Victor Ferraz, que vem sofrendo com dores musculares desde a volta do futebol, perde a titularidade para o colombiano.

Sem Maicon, que saiu com dores na partida contra o Fortaleza, no último domingo (13) a dúvida que fica é quem deve tomar o seu lugar: Darlan ou Lucas Silva. O menino da base vem ganhando espaço no time titular, e se confirmar, será a quarta mudança na equipe, tendo em vista que Lucas iniciou a partida no Grenal, em março.

Kannemann, machucado, não joga. Assim como na última partida da competição, a dupla de zaga será novamente Geromel e David Braz, visto que o argentino também sofreu com lesões no início da temporada. Com Paulo Miranda suspenso por 4 partidas, o zagueiro reserva que fica á disposição é Rodrigues.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...