Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Gente
Quino, cartunista criador de Mafalda, morre aos 88 anos
A morte de Joaquín Salvador Lavado foi confirmada pelo seu editor, Daniel Divinsky.
NSCTotal
por  NSCTotal
30/09/2020 14:33 – atualizado há 14 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Morreu aos 88 anos o cartunista argentino Quino, conhecido como criador das histórias em quadrinhos Mafalda. A morte de Joaquín Salvador Lavado foi confirmada pelo seu editor, Daniel Divinsky, pelo Twitter.

"Quino morreu. Todas as pessoas boas do país e do mundo ficarão de luto por ele", escreveu Divinsky, diretor das Ediciones de la Flor.

​Filho de andaluzes, Quino nasceu aos pés da Cordilheira dos Andes, em Mendoza, Oeste da Argentina, em 17 de julho de 1932. Aos 13 anos ingressou na Faculdade de Belas Artes da cidade. Mas logo se sentiu "cansado de desenhar ânforas e gessos" e transformou sua genialidade em quadrinhos e humor, embora em sua primeira fase, sem palavras.

O cartunista Joaquin Salvador Lavado, também conhecido como Quino, posa ao lado de uma escultura de sua personagem Mafalda, em Oviedo, na Espanha. Foto de outubro de 2014 — Foto: Miguel Riopa/AFP/Arquivo

Aos 18 anos publicou o seu primeiro cartum em Buenos Aires. Porém foi aos 30 que Mafalda nasceu do traço do seu lápis, a menina que odeia sopa, concebida a pedido de um anúncio de electrodomésticos em 1963.

Com humor sutil, carregada de crítica social, as tirinhas de Mafalda e dos amigos Susanita, Miguelito, Manolito, Felipe e Libertad, foram publicadas de 1964 a 1973. Esses foram os únicos personagens permanentes que ele desenhou.

Em outubro do ano passado, as duas maiores personagens dos quadrinhos da América Latina se encontram em uma charge do desenhista carioca Nando Motta, algo que repercutiu na internet. Na imagem, Mônica, a líder da turminha de Maurício de Sousa, ganha um abraço de Mafalda, a menina questionadora do argentino Quino.

Artista retratou as duas personagens mais icônicas dos quadrinhos da América Latina / Foto: Reprodução / Instagram


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...