Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Agro
China alerta sobre indícios de fraude em pacotes com sementes enviadas ao Brasil
Etiquetas de endereçamento apresentam indícios de fraude, com erros no código de rastreamento e em outros dados, diz nota da Embaixada da China no Brasil.
Gazeta do Povo
por  Gazeta do Povo
02/10/2020 10:09 – atualizado há 5 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A Embaixada da China em Brasília alertou nesta quinta-feira (1) sobre indícios de fraude verificados em pacotes com sementes de plantas, cuja origem é suspeita, enviados ao Brasil pelos correios. "Uma verificação preliminar constatou que as etiquetas de endereçamento apresentam indícios de fraude, com erros no código de rastreamento e em outros dados", afirmou a representação diplomática da China, em nota oficial. Ao menos 36 pacotes não solicitados já chegaram a endereços de 17 estados e do DF, de acordo com o governo federal. Amostras estão em análise no Laboratório de Defesa Agropecuária uma vez que o país tem restrições e até proibições quanto à importação de sementes pelos correios, para garantir a segurança fitossanitária.

O governo chinês se disse disposto a "cooperar com a investigação de autoridades brasileiras". O Ministério da Agricultura pede que cidadãos entreguem as sementes nas unidades do Mapa ou em órgãos dos governos estaduais. A recomendação é para que o material não seja plantado ou descartado pois ainda não é possível apontar riscos envolvidos. Nos EUA, onde pacotes também chegaram, o Departamento de Agricultura trabalha com a possibilidade de "brushing".

A fraude se trata, essencialmente, do envio de mercadorias não solicitadas com o objetivo de registrar compras falsas. Até agora não foram encontrados sinais de tentativas de bioterrorismo ou contaminação.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...