Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Esporte
Grêmio acaba superado pelo Santos na Vila Belmiro
Tricolor sofreu o revés e não soma pontos na rodada. Agora, foca em sua próxima partida, diante do Botafogo, na Arena
Correio do Povo
por  Correio do Povo
11/10/2020 18:44 – atualizado há 47 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O Grêmio até tentou fazer a decolagem prometida pelo técnico Renato Portaluppi acontecer, mas o time passou por uma nova turbulência na tarde deste domingo. E o resposável pela avaria no time foi seu ex-atacante Marinho. Com dois de pênalti marcados por ele, um em cada tempo, o Tricolor foi derrotado por 2 a 1 pelo Santos, na Vila Bemiro. Diego Souza até igualou o marcador, mas o VAR garantiu a penalidade que culminou no novo tento do Peixe.

O primeiro tempo refletiu o momento de duas equipes em fases distintas. Em alta na temporada, o Santos dominou a parcial contra um Grêmio que ainda busca seu melhor futebol no ano. Com mais posse e sem dificuldades para chegar pelas laterais, principalmente pela direita, os mandantes criaram várias chances, mas só marcaram na penalidade feita cometida por Paulo Miranda. Discreto e com pouca facilidade, a equipe de Porto Alegre teve a melhor chance em uma cabeçada de Diego Souza em cobrança de escanteio.

A segunda parcial teve mais equilíbrio e o Tricolor até conseguiu impor seu jogo. Chegou ao empate com Diego Souza, em uma jogada construída por Diogo Barbosa, que havia entrado pouco antes. Mas a zaga novamente falhou e cometeu outra penalidade. Depois de ser chamado no VAR, o árbitro marcou pênalti de David Braz em Marinho, que cobrou e novamente balançou as redes.

O próximo desafio do clube gaúcho é na quarta-feira, contra o Botafogo, às 19h15min.

Brasileirão 2020 | 15ª rodada

Santos 2
João Paulo; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan (Laércio); Pituca, Jobson, Marinho, Jean Mota (Madson) e Arthur Gomes; Kaio Jorge (Lucas Lourenço)
Técnico: Cuca

Grêmio 1
Vanderlei; Orejuela, Paulo Miranda (Rodrigues), David Braz e Cortez (Diogo Barbosa), Lucas Silva (Maicon), Thaciano, Luiz Fernando, Robinho (Isaque) e Pepê; Diego Souza (Everton).
Técnico: Renato Portualuppi

Gol: Marinho (19/1T, 32/2T), Diego Souza (27/2T).
Cartões amarelos: Robinho, Rodrigues, David Braz (Grêmio); Jobson, Marinho (Santos).
Cartão vermelho: David Braz



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...