Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Governo do Estado entrega 799 fuzis carabinas e 1,7 mil coletes balísticos à Brigada Militar
Investimento de R$ 8,3 milhões é parte de valor de emenda da bancada federal gaúcha, que ainda repassou R$ 31,6 milhões à Saúde.
Assessoria Gov/RS
por  Assessoria Gov/RS
16/10/2020 16:14 – atualizado há 48 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Batalhões da Brigada Militar em todas as regiões do Estado receberam nesta sexta-feira (16) um grande reforço para qualificar a proteção e o trabalho dos policiais militares no combate à criminalidade. O governo do Estado entregou à corporação 799 fuzis carabinas 5.56 e 1.777 coletes balísticos, que serão destinados para unidades em 108 municípios do RS.

O investimento de R$ 8,3 milhões é parte do recurso possibilitado via emenda da bancada federal gaúcha, num total de R$ 67,3 milhões, com contrapartida de R$ 6,3 milhões do governo estadual. Essa é a oitava ação custeada a partir da emenda, pela qual já foram entregues 394 viaturas, 176 armas, 4.468 coletes e equipamentos de informática e comunicações para a BM e a Polícia Civil, além do cercamento eletrônico com 525 câmeras e 30 salas de monitoramento instaladas em 36 municípios. Outras aquisições com o recurso estão em fase de finalização (confira o detalhamento no fim do texto).

Governador destacou a ampliação nas aquisições a partir do trabalho de gestão que gerou economia em licitações - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

Em respeito aos protocolos de prevenção contra a Covid-19, a solenidade de entrega foi realizada por webconferência transmitida pelo Youtube a partir do Palácio Piratini, com presença do governador Eduardo Leite, do vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, do líder da bancada federal gaúcha, deputado Giovani Cherini, do comandante-geral da BM, coronel Rodrigo Mohr, e da secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann. Na ocasião, também foi anunciado o repasse de R$ 31,6 milhões de emendas parlamentares federais a 101 hospitais gaúchos. O valor deverá ser aplicado exclusivamente no combate à Covid-19.

Ranolfo destacou a parceria da bancada federal gaúcha em viabilizar investimento qualificado nas forças policiais do Estado. Além disso, ressaltou a importância da integração com o Poder Legislativo e o êxito no trabalho de gestão dos convênios, que permitiu aquisições acima das metas planejadas.

Entre as 799 carabinas, 312 serão distribuídas para 107 cidades, cumprindo a indicação realizada pelos deputados federais e senadores gaúchos na proposição da emenda, em 2017. As demais 487 armas e os 1.777 coletes balísticos foram adquiridos com saldo de economia entre o valor inicialmente orçado para compra dos bens previstos pela emenda e o que foi efetivamente aplicado.

A economicidade foi possível por meio das licitações realizadas pelo governo gaúcho, o que permitiu utilizar a sobra dos recursos para essa nova compra. A destinação desse extra foi definida conforme estudo da SSP e da BM e vai contemplar 30 dos 107 municípios listados pela emenda, mais a cidade de São Leopoldo.

O governador Leite também destacou a ampliação do número de aquisições a partir do trabalho de gestão que gerou economia nas licitações. "Temos orgulho em dizer que, aqui no RS, dinheiro público se faz render para voltar para a população a partir dessa boa aplicação. Por isso, lembro que a competitividade de um Estado não se dá apenas quando cobra menos, mas quando entrega mais. A nossa capacidade de arrecadar para promover os investimentos vai ajudar o Estado a ter bons números na saúde, na educação, na segurança", afirmou Leite.

“A integração e o investimento qualificado, ao lado da inteligência, formam as três premissas do nosso programa RS Seguro, que tem gerado excelentes resultados na queda da criminalidade do Estado. Essa entrega é mais um fruto da colaboração dos nossos deputados federais e senadores para aprimorar o trabalho da segurança. E a gestão adequada feita pela nossa área técnica, gerando economia nas licitações, nos permitiu maximizar o aproveitamento dos recursos, dobrando o número de coletes e armas em relação ao planejamento original. Um grande reforço para a Segurança do RS”, afirmou o vice-governador.

A maior parte desses coletes e carabinas extras foi priorizada para reforço do Batalhões de Polícia de Choque (BP Choques). O 2° BP Choque, de Santa Maria, e o 3° BP Choque, de Passo Fundo, receberão 100 coletes e 100 carabinas cada. O 4° BP Choque, de Caxias do Sul, e o 5° BP Choque, de Pelotas, criados em julho de 2019 dentro do planejamento do programa RS Seguro, vão receber 100 carabinas e quase de 300 coletes cada (270 da unidade da Serra e 271 no batalhão da região Sul).

Em Porto Alegre, serão contemplados seis Batalhões de Polícia Militar (1°, 9°, 11°, 19°, 20° e 21°) e o 4° Regimento de Polícia Montada (4° RPMon), ligados ao Comando de Policiamento da Capital.

• Clique aqui e confira a lista completa.


ENTREGAS AINDA POR REALIZAR

• Reaparelhamento do Departamento de Inteligência da Segurança Pública (Disp):
R$ 1.251.814,60 (projeto em adequação)
• Equipamentos de informática e radiocomunicação para o Departamento de Comando e Controle Integrado (DCCI): R$ 713.500,00 (aguarda liberação de recurso pela União)
SALDO DA EMENDA: R$ 455.246,59

Quer receber notícias do AU pelo whatsapp? Clique aqui

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...