Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Canhões de 30 milhões de euros vão equipar navios da Marinha construídos em Itajaí
O contrato para construção das fragatas, de R$ 9 bilhões, está em fase de projeto. A expectativa é que os navios comecem a ser fabricados em Itajaí no ano que vem.
NSCTotal
por  NSCTotal
20/10/2020 20:41 – atualizado há 36 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A Marinha do Brasil encomendou quatro canhões OTO Melara 76 mm à empresa italiana Leonardo. Os canhões serão instalados nas fragatas que serão construídas pelo Consórcio Águas Azuis, em Itajaí.

A compra, estimada em 30 milhões de euros – o equivalente a R$ 198 milhões na cotação atual – foi negociada pela empresa alemã Thyssenkrupp Marine Systems, que encabeça o consórcio das fragatas. Há possibilidade de mais dois canhões, se a Marinha brasileira demandar.

O OTO Melara 76 mm é considerado um best seller, usado em navios militares em todo o mundo – inclusive pela Marinha alemã, que ‘inspirou’ as embarcações que serão construídas em Santa Catarina.

Canhão italiano (Foto: Reprodução, Leonardo)

De acordo com o site especializado Poder Naval, o sistema do canhão italiano é compacto, próprio para navios de guerra de menor porte. O armamento tem disponibilidade de uso de vários tipos de munição, o que o torna apto para atuar como antimíssil, defesa antiárea, antissuperfície e apoio de fogo terrestre.

O canhão comporta munições perfurantes de blindagem, incendiárias e com efeito de fragmentação dirigida, além de um projétil guiado que é capaz de destruir mísseis antinavio de manobra.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...