Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Morte de cachorra no Oeste de Santa Catarina é esclarecida pela Polícia Civil
Cachorrinha Sofya foi morta com um disparo de arma de fogo.
ClicRDC
por  ClicRDC
30/10/2020 22:18 – atualizado há 40 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A Polícia Civil de Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina, concluiu o inquérito que apurou a morte da cachorrinha Sofya. O crime aconteceu no dia 01 de agosto de 2020, na linha Anta Gorda, interior de Pinhalzinho. A polícia apurou que dois homens, um de 31 anos, e outro, de 34 anos, passaram de motocicleta pela residência da família de Sofya, quando um deles efetuou um disparo de arma de fogo contra o animal.

O disparo foi realizado com um rifle calibre .22 e perfurou o corpo da cachorra. A bala entrou pela região superior direita, próximo ao pescoço e saiu por baixo, à esquerda. Conforme a Polícia Civil, o disparo de arma de fogo causou a morte instantânea do animal.

Em um primeiro momento, os dois suspeitos alegaram que o disparo foi acidental e que foi realizado com espingarda de pressão, o que não condizia com os demais elementos coletados.

Posteriormente, um dos ocupantes da moto confessou ao Delegado o crime. Contou que levavam um rifle calibre .22 e que seu primo, que estava na garupa da moto, efetuou o disparo com a arma na direção do animal. Ao ser interrogado, o autor do disparo optou por permanecer em silêncio.

O autor do disparo foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma de fogo e maus tratos, enquanto o motorista, por porte ilegal de arma de fogo. O inquérito agora vai para a Justiça, que vai decidir o futuro da dupla.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...