Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Agro
Tratores e colheitadeiras poderão circular em vias públicas; saiba como funciona
Através da ID Agro, uma plataforma digital, os produtores rurais poderão registrar tratores e máquinas gratuitamente.
CNN Brasil
por  CNN Brasil
21/11/2020 13:52 – atualizado há 39 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) lançou nesta sexta-feira (20) uma plataforma digital para que os produtores rurais possam registrar tratores e máquinas gratuitamente. A iniciativa, batizada de Plataforma de Registro e Gestão de Serviços, Marcas, Tratores e Equipamentos (ID Agro), foi desenvolvida em uma parceria da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Mapa com o Instituto CNA (ICNA).

Com o cadastro, os tratores, colheitadeiras e outros equipamentos terão um documento oficial que permitirá a circulação em vias públicas. A medida atende uma lei federal que liberou tratores agrícolas de emplacamento e do licenciamento, mas tornou obrigatório o registro em um cadastro específico do Mapa.

Foto: Dietmar Reichle/Unsplash

“Fizemos essa ferramenta, simples, sem custos para o agricultor, que eu acho que vai ser de grande valia para o produtor rural”, disse a ministra Tereza Cristina durante o lançamento do ID Agro.

A plataforma também permite que os produtores façam notificações em caso de roubos e furtos, bem como dá mais segurança na contratação de seguro do equipamento, uma vez que a rastreabilidade está incluída na plataforma.

"Isso traz uma segurança para quem vai vender e comprar, que eu tenho certeza que aqueles que têm máquinas mais velhas vão querer entrar [no registro] também", disse a ministra.

A plataforma ID Agro poderá ser utilizada direto pelo smartphone, basta baixar o aplicativo pelo Google Play. Atualmente está disponível apenas para Android, mas em breve também estará disponível para iOS e na web.

Inicialmente, a plataforma vai funcionar em uma fase piloto, em que somente alguns agentes autorizados, como as concessionárias de vendas de equipamentos, poderão fazer o registro de tratores novos. Em outra fase o acesso será ampliado e será possível registrar também os tratores antigos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...