Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Cinco pessoas morreram por afogamento em SC na última semana
Ao todo, 17 mortes por afogamento foram notificadas desde o início da fiscalização na alta temporada de verão.
NSCTotal
por  NSCTotal
12/01/2021 22:38 – atualizado há 13 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Santa Catarina registrou cinco mortes por afogamento em uma semana. Os dados são do boletim semanal divulgado pelo Corpo de Bombeiros divulgado nesta terça-feira (12). Desde o início da Operação Veraneio, foram notificados 17 ocorrências com óbitos em praias e rios do Estado.

Esse é o quarto boletim da temporada, e compila dados dos dias 18 de dezembro e 10 de janeiro. Entre as vítimas estão 15 homens e duas mulheres, com idade média de 31 anos.

Dos 17 afogamentos com mortes, 11 aconteceram na água salgada das praias e seis na água doce, como de rios, lagos e riachos. Todos eles, segundo o Corpo de Bombeiros, ocorreram em áreas sem cobertura de salva-vidas.

Maioria dos afogamentos com mortes aconteceu em água salgada como a das praias(Foto: Tiago Ghizoni/Arquivo DC)

Houve ainda um afogamento seguido de morte em área privada. O óbito aparece no boletim, mas não foi contabilizado junto aos demais casos porque ocorrências em locais particulares, explicou a assessoria do Corpo de Bombeiros, geralmente não contam com ação dos guarda-vidas.

Segundo o balanço, o número de mortes registradas neste período é 29,17% menor do que os casos notificados no ano passado, quando foram registrados 24 óbitos. Neste intervalo houve também um acréscimo de 8,66% nas ações de prevenção, em relação ao último verão.

O relatório também mostra 1.268 ações de salvamento e resgate feitas pelos bombeiros, 49 ocorrências atendidas pelo Arcanjo, além de 2.067 lesões causadas por águas-vivas.

Os postos de guarda-vidas funcionam das 7h30min às 19h30min. A recomendação é para que as pessoas se banhem em horário e local com monitoramento.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...