Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Polícia Federal atuará na escolta das vacinas e na segurança dos espaços federais de armazenamento
A previsão é de que, na quarta-feira, os Estados já tenham distribuído as cargas aos municípios, que poderão começar a aplicar as vacinas na população.
Correio do Povo
por  Correio do Povo
17/01/2021 22:12 – atualizado há 37 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O Ministério da Justiça divulgou neste domingo detalhes sobre a segurança que será adotada na distribuição das vacinas contra a Covid-19 em todo o Brasil. A Polícia Federal atuará na escolta das vacinas e na segurança dos espaços federais de armazenamento. Nos Estados, as doses serão entregues às políticas locais, que ficarão responsáveis pela distribuição.

Na tarde deste domingo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial no País de duas vacinas: a Coronavac e a Oxford/Astrazeneca. Os imunizantes são de responsabilidade do Instituto Butantan e da Fiocruz, respectivamente.

PF vai atuar na segurança das vacinas| Foto: Polícia Federal/Divulgação

Conforme o Ministério da Saúde, unidades da Coronavac - que já estão disponíveis - começarão a ser entregues aos Estados nesta segunda-feira. A previsão é de que, na quarta-feira, os Estados já tenham distribuído as cargas aos municípios, que poderão começar a aplicar as vacinas na população.

Este processo de distribuição será acompanhado pelas forças de segurança pública federais e estaduais. "A Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) vão coordenar a segurança do processo de distribuição, logística e armazenamento da carga com os imunizantes em âmbito nacional. Nos Estados, as vacinas serão entregues às polícias locais, que ficarão responsáveis pela segurança na distribuição", informou o Ministério da Justiça por meio de nota.

No âmbito federal, a PF utilizará grupos táticos para escoltar as vacinas e será responsável pela segurança dos espaços federais de armazenamento. "Já a Polícia Rodoviária Federal, com emprego de seus motociclistas batedores, suporte aerotático e equipes especializadas realizará a escolta das vacinas para os locais de armazenamento e distribuição dos Estados", registrou o ministério.

"A Polícia Rodoviária Federal também poderá ser acionada pelos Estados para garantir a segurança na distribuição interna, ação de responsabilidade exclusiva das unidades federativas."

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...