Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Agro
Prefeitura de Concórdia entrega equipamentos e R$ 1,2 milhão para Associações de Agricultores
Dentre os equipamentos repassados estão tratores agrícolas, distribuidores de adubos líquido, colhedoras de forragens, carretas basculantes, grades aradoras, plantadeiras, retroescavadeiras e caminhões basculantes.
Secom/PMC
por  Secom/PMC
06/02/2021 07:27 – atualizado há 7 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A prefeitura de Concórdia, através da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Agropecuário, entegou nesta sexta-feira, 05,  equipamentos e recursos para 21 Associações de Agricultores. Os termos de cessão de uso terão validade de quatro anos, informa o secretário Mauro Martini.

O município também repassou de R$ 1,2 milhão para a manutenção dos equipamentos. Esses recursos são basicamente utilizados na compra de combustíveis, lubrificantes e pneus. A diretoria das associações é quem organiza a utilização dos maquinários, de acordo com a necessidade de cada família, período de plantio e colheita.

Mauro Martini destaca que os convênios foram firmados com as Associações de Agricultores de Linha Caravágio, Lajeado dos Pintos, Rui Barbosa, Terra Vermelha, Barra Bonita, Engelho Velho, Alto Suruvi, Barra do Tigre, Lajeado Guilherme, Tamanduá, Linha São Paulo, Presidente Kenedy, Três Barras, Planalto, Linha Cedro, Santo Antônio, Linha Gasperini, Barra Seca, Boa Esperança, Tiradentes e Associação de Pequenos Agricultores de Pinheiro Preto, Poço Rico, Volta Alegre, Linha Unida e Barra do Jacutinga.

Dentre os equipamentos repassados estão tratores agrícolas, distribuidores de adubos líquido, colhedoras de forragens, carretas basculantes, grades aradoras, plantadeiras, retroescavadeiras e caminhões basculantes. “Anteriormente as associações tinham que renovar este termo a cada 12 meses. Agora faremos para renovação a cada quatro anos, dando mais tranquilidade para os produtores” comenta Martini.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...