Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Agro
Mais de 18 mil quilos de uva foram comercializados em 5 domingos
Secretário da Agricultura quer um grande evento da Festa Di Bacco para o próximo ano.
Assessoria/PME
por  Assessoria/PME
14/02/2021 20:46 – atualizado há 1 minuto
Continua depois da publicidadePublicidade

Este domingo (14), foi o último dia de comercialização da uva, da safra 2021. Mais de 20 produtores puderam comercializar mais de dez variedades de uvas, sucos, vinhos e produtos coloniais como bolachas, salame, queijo, flores e artesanato. Segundo a Emater, foram comercializados mais de 18 mil quilos de uva.

A venda aconteceu no Pavilhão Multiuso, ao lado da Feira do Produtor e Mercado Popular, seguindo as medidas sanitárias de combate a Covid-19. As equipes da Defesa Civil e Força Voluntária do Alto Uruguai auxiliaram a ação com controle de filas e aferição de temperatura do público que visitou o espaço.

Segundo a Emater, no ano passado, foram colhidas 1.188 toneladas de uva em 83 propriedades que cultivam parreirais no município. A safra da uva deste ano, foi aberta oficialmente no dia 13 de janeiro, com um ato simbólico que reuniu autoridades. O período que marca anualmente a Festa Di Bacco, neste ano não contou com atrações artístico culturais, apenas com a comercialização do produto. A promoção é da Prefeitura de Erechim, através da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, juntamente com a Emater, Comissão da Uva, Sutraf, grupos italianos Avanti, Gillé, Stella Alpina e produtores.

O secretário de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, William Racoski, comemorou o resultado para os produtores e garantiu que a pasta deve projetar um grande evento para 2022. “A qualidade da uva refletiu nos resultados de comercialização. Vamos iniciar em breve o projeto para uma grande Festa Di Bacco no ano que vem, como os produtores e a cultura italiana merecem”, finaliza.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...