Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Santa Catarina
Aulas presenciais na rede pública e privada devem retornar em março em Chapecó
Prefeito João Rodrigues disse que tomou a decisão pela suspensão no final da tarde de sexta-feira, devido ao agravamento da transmissão da Covid-19 em Chapecó.
ClicRDC
por  ClicRDC
15/02/2021 14:38 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

As aulas presenciais em Chapecó devem retornar no dia primeiro de março, na rede pública e privada. A alteração do decreto que suspendia as aulas presenciais por tempo indeterminado, publicado na sexta-feira (12), foi acordada em reunião da Administração Municipal com cerca de 60 representantes de escolas particulares de Chapecó. Eles estiveram reunidos no auditório da Prefeitura de Chapecó, no final da manhã desta segunda-feira (15), para uma reunião convocada pela Administração Municipal, para explicar os motivos da suspensão das aulas presenciais.

Foto: Leandro Schmidt

O prefeito João Rodrigues disse que tomou a decisão pela suspensão no final da tarde de sexta-feira, devido ao agravamento da transmissão da Covid-19 em Chapecó, que só no domingo atendeu 910 pessoas nos ambulatórios da Efapi, Ivo Silveira e na UPA-24h.

“Nossa intenção não era fechar a escola. Mas depois que soube que 70% dos testes da Covid-19 estavam em 70%, do agravamento da lotação dos hospitais, eu não poderia ser omisso. Somente da rede pública municipal são 23 mil alunos que iniciariam as aulas nesta semana. Somando todos os estudantes daria 50 mil alunos. Só peço que esperem 15 dias para que possamos diminuir o contágio”, disse o prefeito.

Os representantes das escolas argumentaram que estão tomando as medidas necessárias, aprovadas nos Planos de Contingência. Mas a maioria entendeu a situação. O diretor hospitalar da Unimed, Mário Goto, disse que somente na rede particular o atendimento passou de 30 para 240 por dia. E a UTI Covid, que estava com sete leitos ocupados na semana passada, tinha 19 leitos ocupados na manhã desta segunda-feira.

“Entendo que essa medida é necessária no momento. Depois, quando os números baixarem, pode ocorrer o retorno”, disse o médico.

As aulas da rede municipal iniciam no dia 18, mas no formato virtual.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...