Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Restrições e protocolos devem ser seguidos em Machadinho
O município de Machadinho alerta a população local para redobrar os cuidados e seguir os decretos de restrições.
restrições
machadinho
por  restrições  e machadinho
23/02/2021 15:12 – atualizado há 56 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Com a situação mais preocupante desde o início da pandemia, visto a superlotação de hospitais de referência, o município de Machadinho alerta a população local para redobrar os cuidados e seguir os decretos de restrições.

O Secretário de Saúde local, Cristiano Parodi Shaffer, considera que a região de Passo Fundo, a qual o município pertence, está deliberada como bandeira preta, seguindo o sistema de distanciamento controlado do Governo do Estado anunciado na última sexta-feira. Porém com a atualização e divulgação do governo na data de ontem (segunda-feira) os municípios dentro de suas regiões podem adotar o sistema de cogestão, viabilizando assim seguir com as restrições dentro da bandeira vermelha.

Mesmo com a possibilidade de aderir a bandeira de risco alto (vermelha) o alerta é para que se aumentem os cuidados e que se cumpram as restrições. A maior preocupação é não haver leitos de UTI para possíveis internações.

No município de Machadinho, seguindo o Decreto estadual, está deliberado que todos os estabelecimentos não podem mais atender ao público entre 20h às 5h, assim como não é permitida a aglomeração de pessoas em espaços públicos e privados. Não menos importante é ressaltada a obrigatoriedade de seguir todos os demais protocolos de distanciamento, uso de máscara e álcool gel e demais cuidados básicos. As lanchonetes, restaurantes e bares podem atender a partir das 20 horas, desde que no formato exclusivo de tele-entrega.

O comércio local, prestadora de serviços e demais espaços estão sendo visitados para reforçar a necessidade de cumprir todos os protocolos e evitar que restrições mais severas sejam necessárias.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...