Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Rio Grande do Sul
Grave: Pela primeira vez, RS registra mais de 50% de pacientes em UTIs com Covid confirmada
Número de internados cresceu em mais de 2 mil pessoas desde 24 de janeiro
Rádio Guaíba
por  Rádio Guaíba
24/02/2021 07:55 – atualizado há 19 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O governo do Rio Grande do Sul decidiu abrir ou reabrir leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para dar conta da alta demanda provocada pelo agravamento da pandemia de coronavírus. Até o fim da semana, a previsão é de que 65 leitos novos entrem em operação em hospitais gaúchos. Nesta terça-feira, pela primeira vez desde o início da pandemia, mais da metade de todos os internados em UTIs (51,19%) é de pacientes com teste positivo para o coronavírus.

“Além disso, há outros dois dados muito preocupantes: a curva de crescimento de internações desta semana é inédita e o número de internados teve um crescimento brutal”, disse Bruno Naundorf, integrante do Gabinete de Crise da SES. O governo se baseia na comparação entre os 2.383 pacientes internados, em 24 de janeiro, e os 4.399, atendidos na tarde de hoje, em leitos de UTI adulto e pediátrica.

Dados das 17h desta terça-feira apontaram ainda lotação de 86,8% dos leitos de UTI adulto. Há 1.197 pacientes confirmados com Covid-19 no setor e outros 190 com a suspeita ou outro agravo respiratório, além de 951 pelas demais enfermidades. Outras 2.936 pessoas seguem internadas por coronavírus (confirmada ou suspeita) ou outros problemas respiratórios fora de UTI.

Entre as macrorregiões gaúchas, a Metropolitana (90%), dos Vales (89,3%), Serra (87%) e do Centro-Oeste (86,3%) tinham os maiores indicadores na tarde desta terça.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...