Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Ricardo Duarte / Inter
Esporte
Abel realizou nesta quarta-feira seu último treino como técnico do Inter
Em sua sétima passagem, treinador deve se despedir da casamata colorada ao final do Brasileirão
Correio do Povo
por  Correio do Povo
24/02/2021 22:14 – atualizado há 1 minuto
Continua depois da publicidadePublicidade

Precisando vencer o Corinthians no estádio Beira-Rio e torcer por um tropeço do Flamengo contra o São Paulo, o Inter, do técnico Abel Braga, sonha com o tetracampeonato na última rodada do Brasileirão. Nesta quarta-feira, o comandante colorado realizou seu último treinamento em sua sétima passagem em Porto Alegre. Abel deve sair ao final da competição nacional e o espanhol Miguel Ángel Ramírez, que já tem um pré-contrato assinado, será o novo comandante.

Campeão do Mundo e da Libertadores, Abel é o técnico que mais comandou o Inter na história e, após trabalhos sem sucesso em Flamengo, Cruzeiro e Vasco, conseguiu se reerguer no cenário do futebol brasileiro. Nesta temporada, foi o responsável pela maior sequência de vitórias da história de uma equipe nos pontos corridos do Brasileirão: nove

Ao assumir no começo de 2021, o presidente Alessandro Barcellos - que sucedeu Marcelo Medeiros, responsável pela contratação de Abel - sempre "jogou limpo" com o atual treinador sobre as mudanças. Ele sustentou sua manutenção até o final do Brasileirão e blindou o vestiário colorado para focar totalmente na campanha que manteve o time na liderança e na última rodada com chances de título.

Assim como Abel, o grupo de jogadores também deve passar por uma reformulação para a próxima temporada. Na prática, este será o primeiro ano da nova gestão, que, em função da pandemia, assumiu durante o ano futebolístico de 2020 com as competições em andamento. A expectativa é de que jogadores jovens sejam mais aproveitados e uma nova política de contratações seja implementada.

Independente da "renovação" no elenco e a mudança na comissão técnica, o grupo colorado está focado em "fazer história" e quebrar o jejum de 41 anos do Inter sem ganhar um Brasileirão. Para isso, na quinta-feira, às 21h30min, o Inter precisa vencer o Corinthians no Beira-Rio e torcer para que o Flamengo não triunfe sobre o São Paulo, no Morumbi, no mesmo horário. O provável time deve ter Lomba; Heitor, Cuesta, Lucas Ribeiro e Moisés; Dourado, Praxedes, Edenilson e Patrick; Caio Vidal (Thiago Galhardo) e Yuri Alberto

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...