Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Economia
Fiergs orienta indústria sobre protocolos da bandeira preta
Indústrias devem respeitar critérios específicos de funcionamento, como o respeito ao teto de ocupação de 75%
Assessoria/FIERGS
por  Assessoria/FIERGS
26/02/2021 21:24 – atualizado há 19 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A partir deste sábado, as indústrias gaúchas devem seguir os protocolos da bandeira preta até, pelo menos, o dia 7 de março. A definição segue a orientação do mapa do Distanciamento Controlado do Estado, que, nesta quinta-feira colocou todo o território gaúcho sob maiores restrições visando à prevenção e o enfrentamento à pandemia da Covid-19. Por isso, a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) orienta o setor sobre as melhores práticas em meio as restrições.

Durante toda a vigência da bandeira preta, as indústrias devem respeitar critérios específicos de funcionamento, com o teto de operação de percentual máximo permitido de trabalhadores presentes em até 75% de maneira simultânea, respeitando assim o teto de ocupação do espaço físico. Durante o período, também fica autorizado o teletrabalho e o trabalho presencial restrito, devendo haver sempre a ventilação cruzada de portas e janelas abertas e/ou sistema de renovação de ar.

A entidade também ressalta que compreende a gravidade do momento que o Estado atravessa, mas salienta que não se trata da questão saúde versus economia. “Ambas devem receber o mesmo olhar que passa pelo comprometimento de todos para chegar a um denominador comum, ou seja, a sobrevivência das pessoas e empresas”, sustenta o comunicado da Fiergs.

Para receber as notícias do AU pelo whatsapp, clique aqui

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...