Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
RS abre processo para receber estudos de concessão dos aeroportos de Passo Fundo e Santo Ângelo
O edital, que deve ser publicado nos próximos dias, tem objetivo de buscar empresas dispostas a elaborar estudos e projetos para a operação, exploração, conservação e melhorias para passageiros e empresas de aviação que operam nos locais.
Asscom Governo RS
por  Asscom Governo RS
29/03/2021 22:21 – atualizado há 43 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O Conselho Gestor do Programa de Concessões e Parcerias Público-Privadas do Rio Grande do Sul aprovou por unanimidade, na tarde desta segunda-feira (29/3), em reunião virtual presidida pelo governador Eduardo Leite, a publicação de edital de procedimento de manifestação de interesse (PMI) para a concessão dos aeroportos regionais de Passo Fundo e Santo Ângelo.

Reunião virtual do Conselho Gestor do Programa de Concessões e PPPs foi presidida pelo governador Leite - Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

O edital, que deve ser publicado nos próximos dias, tem objetivo de buscar empresas dispostas a elaborar estudos e projetos para a operação, exploração, conservação e melhorias para passageiros e empresas de aviação que operam nos locais. Segundo o governador, é mais uma forma de unir o interesse público com o conhecimento e a agilidade da iniciativa privada em prol do desenvolvimento do Estado.

“Um dos nossos três pilares de governo para retomar a competitividade do RS, juntamente com a desburocratização e redução da carga tributária, é a melhoria da qualidade logística. Nesse sentido, realizamos a primeira concessão rodoviária, a RSC-287, e temos mais de mil quilômetros de estradas já com editais em processo de modelagem, mas também estamos focados em outros modais, como hidrovias e aeroportos. Acreditamos que melhorar a logística, além de conectar as pessoas, é um forte atrativo a investimentos e reduz os custos de quem produz. Por isso, a aviação regional é uma das nossas apostas e temos conquistado muitos avanços para tornar o RS um Estado mais conectado e competitivo”, disse Leite, destacando os novos voos regionais e as obras em aeroportos gaúchos.

"Temos certeza de que, a partir das concessões, conseguiremos agilizar investimentos para aproximar ainda mais as pessoas e facilitar negócios", afirmou o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella.

De acordo com o secretário extraordinário de Parcerias, Leonardo Busatto, o PMI é um instrumento que permite que a iniciativa privada elabore os estudos técnicos e de viabilidade para projetos de concessão. Pelo procedimento, as empresas interessadas financiam os estudos, apresentando o modelo de contrato que será adotado na concessão e se remuneram pelo vencedor da licitação.

“O PMI é um modelo consolidado, no qual a gente chama o mercado para que apresente estudos e modelagens que entenda que sejam viáveis para a concessão. Neste momento, os focos são os aeroportos de Passo Fundo e Santo Ângelo, porque foram apontados em estudo de pré-viabilidade apresentado ao Estado como viáveis para concessão à iniciativa privada sem contrapartida do poder público”, esclareceu Busatto.

Depois de o edital ser publicado no Diário Oficial, empresas devem manifestar interesse ao Estado (até 30 dias) e entregar os estudos (até 120 dias). Após, os documentos serão analisados pelo governo. Antes da publicação final da concessão, prevista para abril de 2022, ainda serão realizadas consulta e audiência pública.

“Dependendo da qualidade e da consolidação do material, poderemos até encurtar esse prazo. O mais importante é que os estudos apresentados pela iniciativa privada devem apontar o melhor modelo de negócios para operação e exploração dos aeroportos, conciliando o interesse público com o privado”, acrescentou Busatto.

O processo do PMI está sendo conduzido pela Secretaria Extraordinária de Parcerias (Separ) e a pela Unidade de Concessões e PPPs da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG). O edital de licitação será publicado no site da Separ.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...