Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Creral investe na geração de energia e projeta redução de tarifa aos associados
Alderi do Prado explicou que as fontes de energia estão mudando ao longo do tempo e destacou a importância da bacia do Rio Uruguai para o setor energético
Leandro Vesoloski
por  Leandro Vesoloski
09/04/2021 14:35 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade

A Creral que tem sede em Erechim e atua em toda a região na geração e distribuição de energia e no segmento das telecomunicações está realizando grandes investimentos e projeta redução de tarifas de energia para o ano de 2022.

Falando ao vivo ao Portal AU Online, o presidente da Creral, Alderi do Prado contou que a Creral surgiu no final da década de 60 com intuito de levar energia elétrica até propriedades rurais e lembrou das dificuldades vividas pelos agricultores naquela época.

Com o passar do tempo a Creral passou atender também a área urbana. “Atendemos a totalidade de Floriano Peixoto na área urbana e rural, Santo Expedito do Sul tem 500 ligações urbanas, a região de Trindade do Sul atendemos parcialmente a área urbana e outras localidades”, disse Alderi do Prado. 

O presidente da Creral destacou a importância que a energia produtiva teve no início dos anos 90. “Passamos da época do liquinho para o uso da energia na produção” afirmou. Alderi explicou que as fontes de energia estão mudando bastante ao longo do tempo e destacou a importância da bacia do Rio Uruguai para o setor energético.

Sobre os novos investimentos o presidente da cooperativa contou que a Creral está fazendo investimentos em energia solar no município de São Sepé e em São Paulo. “Estamos construindo grandes usinas em São Sepé onde serão instaladas mais de 8000 placas de energia solar e São Paulo é ainda maior”.

Sobre o valor tarifário Alderi do Prado disse que a Creral vem fazendo todo um esforço para conseguir passar este ano sem aumentar a tarifa. “A partir de 2022 quando a gente começa comprar energia do nosso leilão, que é uma energia mais barata, podemos afirmar que a  teremos desconto na tarifa do nosso associado”, concluiu o presidente.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...