Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul
Novo lote com mais de 360 mil vacinas contra Covid-19 já chegou ao RS
Nesta sexta-feira (30), estado fará o repasse das doses aos municípios.
Rádio Guaiba
por  Rádio Guaiba
29/04/2021 11:08 – atualizado há 11 horas
Continua depois da publicidadePublicidade

O Governo do Rio Grande do Sul recebeu, na manhã desta quinta-feira (29), mais 360,950 doses de vacinas contra a Covid-19. A remessa, enviada pelo Ministério da Saúde, chegou ao Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, por volta das 10h15min. De lá, foi encaminhada diretamente à Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi) – que, na sexta-feira (30), fará o repasse aos municípios.

Apesar da chegada dos imunizantes, continua o impasse na aplicação da 2ª dose de CoronaVac. Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (SES), a carga conta com 353,750 novas ampolas da fórmula de Oxford/AstraZeneca, fabricadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O lote possibilitará a conclusão da imunização com a 1ª dose para os idosos com mais de 60 anos, além do avanço da cobertura vacinal nos grupos com comorbidades relacionadas à Covid-19.

A remessa, entretanto, não será suficiente para resolver o impasse que cerca a aplicação da 2ª dose da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan. O Rio Grande do Sul recebeu apenas 7,2 mil doses do tipo – número suficiente para atender apenas 2% das 263,4 mil pessoas que já estão com o reforço em atraso, ou em vias de exceder a data limite prevista pela fabricante, no Estado.

Balanço

Com o recebimento da carga, chega a 4.208.600 o número de vacinas contra a Covid-19 disponibilizadas ao Rio Grande do Sul. Até o momento, pelo menos 2.230.373 pessoas receberam a primeira dose, enquanto 902.335 já completaram o programa, com duas doses, e estão imunes à doença. Ou seja: pelo menos 43,9% da população inclusa nos grupos prioritários já receberam ao menos uma dose, e 17,8% tiveram duas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...