Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Tech
Tribunal de Justiça do RS anuncia retorno de sistemas informatizados de uso interno
Ataque cibernético afetou serviços que estão sendo restabelecidos aos poucos.
Assessoria/TJRS
por  Assessoria/TJRS
08/05/2021 16:16 – atualizado há 18 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) anunciou o retorno do funcionamento de sistemas informatizados que, embora de uso interno, possibilitam movimentações como consulta e carga de processos físicos e pré-cadastro para digitalização. Estão restaurados TJP, Themis 2G, Themis 1G Capital e ThemisAdmin. O trabalho para restabelecimento de todos os serviços prossegue e os que já foram recuperados estão disponíveis no site da instituição, que foi alvo de um ataque cibernético na semana passada. O acesso ao site do TJRS pode ser feito neste link.

Em um novo comunicado, o TJRS informa que o acesso remoto via Metaframe e VPN permanecem indisponíveis. “Entretanto, em Porto Alegre, equipamentos já revisados pelos técnicos do setor de informática do TJRS estão aptos para uso dentro das dependências do TJ. Da mesma forma, salas de audiência já revisadas podem utilizar o DRS (para gravação de audiências)”, explicou a instituição. “Gradativamente outros prédios estão sendo revisados e serão liberados”, assegurou.

Para o público externo, o TJRS citou os serviços disponíveis. “PPE (Portal do Processo Eletrônico): poderão ser protocoladas petições não urgentes, que serão processadas após o retorno à normalidade dos sistemas. Alvarás de Folha Corrida e outras certidões: o serviço on-line volta a ser oferecido no site do TJRS, fornecendo as informações registradas até a data em que passou a ocorrer a instabilidade dos sistemas”, destacou.

Conforme o TJRS, os sistemas de processo eletrônico eproc e PPE estão disponíveis, porém algumas comunicações externas ainda não foram restabelecidas, o que afeta os seguintes serviços: Diário da Justiça Eletrônico, envio de Cartas Ars, guias de custas e depósitos judiciais, expedição de alvarás eletrônicos, RPVs estaduais e ainda peticionamento com vinculação de processo originário físico de comarca do Interior.

“O Tribunal de Justiça reitera que as equipes técnicas seguem trabalhando de forma incessante para restabelecer a normalidade de forma breve. Todos os progressos obtidos, como já vêm ocorrendo, serão amplamente divulgados, com total transparência. Os serviços e sistemas operantes e os comunicados oficiais estão reunidos no site do TJRS”, conclui.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...