Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Com dois novos registros, passa para 157 o número de erechinenses que morreram por complicações da Covid
Hospitais da cidade tem 80 pessoas hospitalizadas, com idades entre 18 e 98 anos.
Redação
por  Redação
04/06/2021 16:22 – atualizado há 2 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

No boletim coronavírus atualizado nesta segunda-feira (04) a Secretaria Municipal de Saúde confirmou mais duas mortes de moradores de Erechim por complicações causadas pela Covid-19. As vítimas são uma mulher de 49 anos e um homem de 39 anos.

O boletim mostra também que o número de internações por covid, nos hospitais da cidade subiu para 80, 43 destes são pacientes oriundos de cidades da região.

No HST são 55 pacientes recebendo tratamento em leitos clínicos e de UTI. Duas pessoas receberam alta hospitalar. O paciente mais novo tem 22 anos e o mais velho 78 anos de idade. 

No HC, segundo o boletim divulgado nesta tarde, 25 pessoas ocupam leitos de tratamento da covid. O paciente mais novo no HC tem 18 anos e o  mais velho 98 anos.

Foram registrados 36 novos casos  somando assim 11774 confirmados e o número de recuperados chega a 11600. O número de casos ativos (17) é baixo no boletim, porém, a Secretaria de Saúde informa ainda, que há alguns dias o e-SUS, que é o sistema de comunicação entre o Ministério da Saúde, Secretaria Municipal e Laboratórios está com problemas, por isso, o número de casos ativos, pode não representar a realidade local.

São 32.900 vacinados com a primeira dose e 13.647 pessoas já receberam a segunda dose da vacina contra a covid-19.

Neste sábado, Erechim vacina profissionais da rede de apoio da saúde

A Secretaria de Saúde informou hoje que neste sábado (05), poderão ser vacinados os profissionais da rede de apoio da saúde, que inclui atendentes de farmácias e secretários(as) de médicos e dentistas.

A Secretaria salienta que é de responsabilidade do empregador disponibilizar o atestado ou comprovante de vínculo empregatício, assinado por este profissional contratante. O documento ficará retido na Central de Vacinação para fins de informação e comprovação à órgãos de fiscalização.

A aplicação das doses acontece exclusivamente na Central de Vacinação, na Rua Júlio Trombini, 634 no bairro Três Vendas, antiga Fundação Cotrel. das 8h às 14h.

Documentação necessária:
- Comprovante de residência
- CPF
- Identidade
- Cartão do SUS
- Carteira de vacinação
- Comprovante de vínculo empregatício.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...