Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Saúde
Queiroga diz que governo antecipou para este mês a entrega de 3 milhões de doses da Janssen
O Brasil tem firmado um acordo com a Janssen de 38 milhões de doses. As remessas estavam previstas para chegar a partir dos próximos meses.
O Sul
por  O Sul
04/06/2021 17:06 – atualizado há 19 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou nesta sexta-feira (4) que o governo conseguiu antecipar com a farmacêutica Janssen a entrega de 3 milhões de doses da vacina contra a Covid para este mês.

O Brasil tem firmado um acordo com a Janssen de 38 milhões de doses. As remessas estavam previstas para chegar a partir dos próximos meses.

“A vacina da Janssen, nós já tinhamos acertado com a Janssen 38 milhões de doses da vacina, nós conseguimos antecipar 3 milhões. Chega agora no mês de junho”, disse o ministro.
Vacina da Janssen contra Covid-19 armazenadas em hospital americano Foto: SHANNON STAPLETON / Reuters

A vacina da Janssen requer a aplicação só de uma dose, ao contrário da maioria das vacinas sendo aplicadas atualmente contra a Covid, que exigem duas doses.

“Estamos organizando com o Conass e Conasens a estratégia de distribuição dessa vacina. A principal característica dessa vacina é que ela é dose única, então, sendo dose única, são 3 milhões de brasileiros a mais imunizados de forma completa contra a Covid-19”, continuou o ministro.

O governo tenta antecipar a entrega de vacinas já contratadas para acelerar o ritmo da vacinação no país, considerado lento por especialistas.

Até a noite de quinta-feira (3), 47.718.537 de brasileiros haviam recebido a primeira dose, o que corresponde a 22,53% da população.

Já a segunda dose foi aplicada em 22.739.521 pessoas, o que equivale a 10,74% da população.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...