Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Sindilojas Alto Uruguai Gaúcho e CDL Erechim pedem reforço nos cuidados de prevenção à Covid-19
Número de casos confirmados e óbitos estão alarmantes.
Maria Lúcia Carraro Smaniotto
por  Maria Lúcia Carraro Smaniotto
08/06/2021 13:44 – atualizado há 15 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

O presidente do Sindilojas Alto Uruguai, Gelso José Miola, e a presidente da CDL Erechim, Rosângela Truylia, assim como o presidente da ACCIE, Fábio Vendruscolo, participaram da reunião realizada nesta segunda-feira, 7, do Comitê Regional de Atenção ao Coronavírus da Associação de Municípios do Alto Uruguai (AMAU), e Região R16, depois que o Gabinete de Crise do Governo do Estado manteve na última semana, um “Alerta”, do Sistema 3As de Monitoramento da Pandemia, o que obriga que a região e os municípios adotem medidas mais restritivas. Um novo decreto foi publicado pela Prefeitura de Erechim, com regras mais rígidas, que são válidas até às 24 horas do dia 18 de junho de 2021.

Divulgação/ Ascom

Por isso, o Sindilojas e a CDL Erechim fazem um apelo a todos os lojistas, empresas do comércio varejista e de serviços que reforcem os protocolos de prevenção à Covid-19, permitindo que somente pessoas com máscara adentrem nos estabelecimentos, assim como toda a equipe de trabalho, de atendimento, administrativo, de apoio e de higienização só trabalhem de máscara, respeitando o distanciamento social, a lavagem frequente das mãos ou uso de álcool em gel.

Os números de contaminação estão subindo muito, assim como os óbitos e as internações em leitos clínicos e de UTI nos hospitais de Erechim. "Sem a ajuda de todos, o pior não vai passar. Precisamos manter as medidas preventivas para salvar vidas”, destacam Miola e Rosângela. Eles também pedem a cada munícipe que “continue a evitar o contato social e siga todas as recomendações sanitárias, pois elas ainda são muito necessárias para evitar mais óbitos e o estrangulamento do setor de saúde referência para Covid-19”.

É preciso se vacinar

Outro apelo do Sindilojas Alto Uruguai e da CDL Erechim é para que as pessoas que já estão sendo elencadas para se vacinarem realmente se dirijam até a Central de Vacinação e se vacinem. “Somente com a vacinação do maior número possível de pessoas é que vamos contar o avanço do vírus. Se você tem idade para se vacinar ou está em algum grupo prioritário, por favor, faça a vacina”, clamam os dirigentes das duas entidades.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...