Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Brigada Militar forma primeira mulher no curso de piloto aeropolicial
A experiência do voo é melhor do que eu imaginava", afirma a capitã Mariana, classificada em primeiro lugar no curso.
O Sul
por  O Sul
07/07/2021 21:32 – atualizado há 5 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

Três oficiais da Brigada Militar (BM) receberam o certificado de conclusão do curso de piloto aeropolicial nesta quarta-feira (7). No grupo está a primeira mulher aviadora da corporação, a capitã Mariana Tigik Hoffmann. A cerimônia ocorreu no Centro de Formação Aeropolicial da BM (CFAer), em Capão da Canoa.

Divulgação/BM5

O curso teórico de piloto comercial de avião e helicóptero é parte do processo de formação de oficiais que buscam exercer suas funções nas atividades de policiamento aéreo da corporação. A capacitação começou em fevereiro, com disciplinas de meteorologia, navegação aérea, teoria de voo, regulamentos, conhecimentos técnicos, entre outras matérias curriculares.

Em decorrência das restrições impostas pela pandemia da Covid-19, o CFAer adequou os conteúdos para que tivessem o menor impacto possível na formação dos oficiais.

Primeira mulher a conquistar habilitação para pilotar aeronave na Brigada Militar, a capitã Mariana ficou em primeiro lugar no curso. “A experiência do voo é melhor do que eu imaginava, era tudo o que eu esperava e mais um pouco”, afirmou. “Inicialmente, precisávamos nos ambientar com o novo espaço, novas rotinas e novos conteúdos a serem estudados. Um novo mundo dentro da Brigada”, disse a capitã no discurso de formatura.

Além da capitã, o capitão Marcelo Segala Constante e o major João Marcelo dos Santos foram os oficiais formados nesta edição do curso. O comandante-geral da BM, coronel Vanius Cesar Santarosa, entregou os certificados aos formados na solenidade realizada no hangar do CFAer.

Com a conclusão do curso teórico de piloto comercial de avião e helicóptero, os formandos têm a base teórica para o exercício da função nas unidades aéreas da corporação e poderão dar continuidade na habilitação prática.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...